8 de novembro de 2012

O mapa do tesouro: Museu de Arqueologia de Atenas

Acervo e fachada do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
O Museu de Arqueologia de Atenas tem mais tesouros do que qualquer caverna de Ali Babá

Desde as Mil e Uma Noites, aprendi a vibrar quando o herói, depois de enfrentar mil aventuras, finalmente atravessa a última barreira e dá de cara com a caverna do tesouro.

 É aquela hora que o cinema ecoa em oooohhh, ou a gente tira os olhos do livro, ofuscada pelo brilho das pedras preciosas que escapam dos baús.


Estátua de Zeus no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Zeus ou Poseidon? Os especialistas divergem sobre qual dos filhos de Cronos está representado nesta escultura em bronze, de 460 a.C., encontrada no fundo do mar ao largo do Cabo Artemísion, na Ilha de Eubéia, em 1926
Estátua de Zeus no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
De Zeus ou de Poseidon, essa estátua é um ícone da arte clássica grega, apenas um dos fantásticos tesouros do Museu Nacional de Arqueologia, em Atenas

Eu não atravessei nenhuma armadilha de estacas, nem rastejei por tuneis desmoronantes. Meu momento Goonies foi com ar condicionado, no centro de uma metrópole europeia.

Mas juro que quando entrei na primeira sala do Museu Nacional de Arqueologia, em Atenas, eu cheguei a ouvir uma trilha sonora cheia de trombetas.

Bora navegar comigo nesse museu maravilhoso?



Visita ao Museu de Arqueologia de Atenas

O Jóquei de Artemísion, no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
O Jóquei de Artemísion também foi descoberto entre os vestígios do naufrágio ao largo da Ilha de Eubéia. Acredita-se que a escultura, de 140 a.C., tenha sido pilhada da cidade de Corinto

Tem que ter muito autocontrole para não sair dançando entre as vitrines do Museu de Arqueologia de Atenas.

É simplesmente pirante ficar cara a cara, por exemplo, com as peças do Tesouro de Atreu — joias e máscaras funerárias em ouro, de 1.600 antes de Cristo, encontradas em Micenas.



Peças do Tesouro de Atreu, encontradas em Micenas, no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
As peças do Tesouro de Atreu estão logo na entrada do Museu. Tive que me controlar pra não sair dançando diante delas

As peças do Tesouro de Atreu
O Tesouro de Atreu, que eu visitei em Micenas, é uma tumba da Idade do Bronze (Século 13 antes de Cristo) onde teriam sido enterrados os governantes da cidade, da Casa dos Aqueus — entre eles Agamenon, o da Ilíada.

A tumba é uma estrutura que os gregos chamam de tolo (monumento religioso de planta circular), a mais monumental encontrada em território da Grécia, e abrigava artefatos magníficos em seu interior, São adornos, coroas, peitorais de batalha e outros apetrechos militares, geralmente feitos em ouro

Máscara de Agamenon e peças do Tesouro de Atreu, no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
As peças em ouro foram encontradas em Micenas. A Máscara de Agamenon é a que está no centro da foto da esquerda

Máscara de Agamenon, Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Agamenon: essa seria a face do comandante dos helenos na Guerra de Troia

O mais espetacular desses artefatos é a Máscara de Agamenon, que alguém já descreveu como “a Mona Lisa da Antiguidade”. Pois é essa máscara funerária mitológica que recebe os visitantes, logo na primeira sala do Museu de Arqueologia de Atenas.

Pensando bem, sair dançando teria sido pouco 😊. Ah, by the way, Atreu era o pai de Agamenon de Micenas e de Menelau de Esparta (o marido de helena de Troia) e fundador da Dinastia dos Aqueus.


Peças do Período Neolítico no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Peças do Período Neolítico. A figura masculina representada na estatueta exibia, originalmente, um grande falo e os arqueólogos acreditam que ela fosse usada em rituais de fertilidade


Peças da Antiguidade Clássica na Coleção de Esculturas do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Peças do Período Greco-Romano na Coleção de Esculturas. À direita, o busto do Imperador Adriano, encontrado no Templo de Zeus Olímpico, onde ele mandou construir um arco em seu louvor

Estátuas de Poseidon e Zeus no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Os irmãos que viviam às turras: Poseidon (esq) e Zeus. A estátua do deus dos oceanos foi encontrada na Ilha de Melos (Cíclades) e é do Século 2 a.C. A cabeça do chefe do Olimpo é do mesmo período encontrado na povoação micênica de Aigeira, no Peloponeso

As Coleções do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas
Eu já tenho uma certa milhagem de visita a museus. Poucas vezes na vida, porém, fiquei tão comovida diante de um acervo — era o encantamento pela Grécia Antiga, que eu carrego comigo desde muito criança, que estava desfilando pra mim nos corredores do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas. As coleções são absolutamente espetaculares.

Você vai encontrar peças que vão desde a pré-história até a chamada Antiguidade Tardia — o período do declínio da Cultura Greco-Romana e das Invasões Bárbaras.


Esculturas cicládicas no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Esculturas cicládicas: desconcertantes, de tão contemporâneas

O museu tem mais de 8 mil metros quadrados, divididos em salas amplas, cheias de luz — há claraboias e muitas janelas — e pé direito muito alto, como se convidasse nossa alma a se expandir e flutuar por aqueles salões.

Se você quiser seguir o roteiro cronológico, comece pela Coleção das Antiguidades Pré-Históricas, onde há peças com até 6 mil anos de idade, a partir do Período Neolítico. 

Afrescos de Akrotiri no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Afrescos de Akrotiri, povoação da Idade do Bronze
na Ilha de Santorini. Acredita-se que Akrotiri tenha sido colonizada pela Civilização Minoica, oriunda da Ilha de Creta

Dessa era, é fascinante ver como são escandalosamente modernistas as peças da Civilização Cicládica (das Ilhas Cíclades, arquipélago onde ficam as hiper turísticas Mikonos e Santorini).

A Coleção de Esculturas é uma viagem por 1.200 anos (do Século 7 a.C. ao Século 5 d.C.) dessa arte que os helenos aperfeiçoaram a tal ponto de nos legar a expressão “estátua grega” como um dos sinônimos de “beleza”.

Coleção de Esculturas do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
A Coleção de Esculturas do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas é uma viagem por 1.200 anos de dedicação à beleza

Coleção de Esculturas do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia

Estátua de Atena Partenos na Coleção de Esculturas do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Na coleção  você verá deusas, como Themis, patrona da Justiça (esq), e Atena Partenos (Atena Virgem). Esta escultura é uma réplica com 2 m de altura da monumental estátua que Fídias talhou para o Parthenon

Coleção de Esculturas do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
As esculturas gregas representavam figuras anônimas, como o  soldado ateniense (esq), e estrelas do universo mitológico, como Afrodite e Pan, na obra encontrada em Delos 

Tente não ficar muito tonta com as esculturas, porque ainda tem uma vasta Coleção de Vasos e Miniaturas, com peças que datam até do Século 11 a.C, a magnífica Coleção de Metais — que vai das estátuas às miniaturas — e uma respeitadíssima Coleção de Arte Egípcia e Oriental, com peças de até 7 mil anos de idade.
Kouros, estátuas de jovens do Período Arcaico grego, no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Os kouroi são estátuas típicas da arte grega no Período Arcaico (entre os séculos 7 e 5 a. C.) representações da figura masculina na juventude (kouros significa “jovem”, kouroi é o plural). As estátuas retratam os jovens sempre de pé, nus e com cabelos longos

Kouros, estátuas de jovens do Período Arcaico grego, no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia


Como é a visita ao Museu Nacional de Arqueologia de Atenas
O Museu Nacional de Arqueologia de Atenas é um dos mais importantes do mundo. Um lugar pra qualquer ser humano estufar o peito cheio de orgulho e dizer: "Pertenço à mesma espécie animal de quem criou essas maravilhas".

A surpresa é que, com todo o pedigree de suas fantásticas coleções, o Museu de Arqueologia de Atenas seja tão imensamente agradável. Não tem nada daquela atmosfera opressiva dos museus blockbuster.

peças de arte tumular no Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
O museu tem uma sessão dedicada à arte tumular. À esquerda, a lápide do sepulcro de uma mãe é uma imagem comovente

Nada aqui nos olha de cima, mas diretamente nos olhos. Um lugar para a gente se sentir em casa — privilégio de quem integra a mesma espécie dos criadores daquelas peças.

Aliás, lembrem-se que os gregos inventaram mais que a democracia: eles inventaram os deuses mais humanos de todo o panteão do planeta.

Barca egípcia na Coleção de Arte Egípcia e Oriental do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
A Fragata amou encontrar uma prima na Coleção de Arte Egípcia

Não sei qual é a mágica, mas os salões enormes do Museu de Arqueologia de Atenas, com pé direito muito alto, conseguem ser super aconchegantes.

É como se o tamanhão todo das salas de exposição fosse só para assegurar o espaço necessário para deixar  cada visitante com a sensação de estar sozinho diante da obra contemplada.

Jardim do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
O jardim interno do museu tem um café, obras de arte e a sombra das oliveiras
Jardim interno do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia


No dia da minha visita, havia muita gente, mas eu mal percebi.

A simpatia do Museu de Arqueologia continua no pátio do subsolo, decorado com estátuas e outras peças do acervo, onde funciona um café.

O Naufrágio de Antikythera
Se eu ainda não lhe convenci a pegar um avião para Atenas, resta-me dizer o Museu Arqueológico exibe os achados do Naufrágio de Antikythera.


Peças do naufrágio de Antikythera, Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
Peças recuperadas do Naufrágio de Antikythera, encontradas por coletores de esponja, em 1900, depois de 2 mil anos submersas


Peças do naufrágio de Antikythera, Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
O Jovem de Antikythera (dir) divide os estudiosos. Para uns, ele é Perseu exibindo a cabeça da Medusa. Para outros, é Páris oferecendo o pomo da discórdia a Afrodite. O que se sabe ao certo é que ele ficou quase 1.000 anos no fundo do mar

Se eu ainda não lhe convenci a pegar um avião para Atenas, resta-me dizer o Museu Arqueológico exibe os achados do Naufrágio de Antikythera.

O nome dessa coleção refere-se à Ilha de Anticítera (Antikythera), na Costa Sul do Peloponeso. Foi ao largo dessa pequena ilha que foram encontrados os vestígios de um navio romano afundado por volta de 60 ou 50 a.C.

O navio estava carregado de de esculturas e outros tesouros pilhados à Grécia e se dirigia à Península Itálica.

Peças do naufrágio de Antikythera, Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
As peças do Naufrágio de Antikythera trazem as marcas da corrosão pela água salgada. As partes intactas estavam cobertas pelo lodo e areia no fundo do mar. Este é Bion de Boristene, filósofo que escapou da escravidão, satirizou a loucura a religião

Peças do naufrágio de Antikythera, Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
À direita, Odisseu (Ulisses), meu herói, resgatado do Naufrágio de Antikythera

A estrela da exposição é o Mecanismo de Antikythera, uma máquina sofisticadíssima de cálculos astronômicos para o auxílio à navegação, ainda não totalmente decifrada. Um autêntico computador da Grécia Clássica.

Fiquei um monte de tempo parada diante da vitrine, sonhando com um exemplar do mecanismo para equipar a Fragata...

Coleção de estátuas de bronze do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia
A estátua em bronze representando um jovem vencedor de um torneio (esq) é do Período Clássico e atribuída a Praxiteles, renomado escultor ateniense do Século 4 a.C. À direita, o imperador romano Augusto

Museu Nacional de Arqueologia de Atenas
Endreço: 28 Oktovriou-Patission

Como chegar:
há duas estações de metrô bem próximas ao Museu de Arqueologia de Atenas, Omonia e Victoria. Prefira a segunda, para evitar a muvuca e os predadores de turistas da Praça Omonia.

Horários: O museu abre diariamente. De novembro a março, as visitas são das 13h às 20h (às terças, das 9h às 16h). De abril a outubro, das 8h às 20h (terças, das 12:30h às 20).

Entrada principal do Museu Nacional de Arqueologia de Atenas, Grécia


Antes de ir, cheque o horário no site do Museu Nacional de Arqueologia — eu já perdi a conta das vezes que atualizei o horário de abertura do museu aqui no post, desde que o publiquei, em 2012 😊.

Ingressos: de novembro a março, € 6. De abril a outubro, € 12.

Dicas para organizar uma viagem à Grécia

Mais sobre Atenas
Hospedagem em Atenas
Dicas de transporte em Atenas e arredores
Como curtir Atenas
A Acrópole
O Museu da Acrópole 
A Ágora Antiga
O bairro de Thisio, um dos pedacinhos mais gostosos de Atenas
Cinema ao ar livre em Atenas (com vista para a Acrópole)
O Templo de Zeus Olímpico

A Grécia na Fragata Surprise


Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter | Instagram | Facebook

2 comentários:

  1. Estou apreciando muito suas informações sobre a Grécia e elas estão contribuindo para a elaboração de meu roteiro de viagem.
    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Val. É bacana saber que as informações compartilhadas contribuem para outros viajantes :)

      Excluir