27 de março de 2011

Roteiro: Barcelona, Girona e Carcassonne


Entardecer em Port Vell, Barcelona
O final de uma tarde de inverno em Port Vell, Barcelona

Aproveitei a folga do Carnaval para rever Barcelona, cidade que eu já tinha adorado na primeira visita, no Ano Novo de 2007.

Com 10 dias de folga, porém, a viagem pedia e merecia uma esticadinha aos arredores. Foi assim que as lindas Girona e Carcassonne entraram no roteiro,que ainda teve o bônus de um lindo dia na Cidade do Porto.


Barcelona: rua do Bairro Gótico e escultura de Roy Lichtenstein na Barceloneta
Os contrastes de Barcelona: uma passagem medieval no Bairro Gótico e a arte moderna de Roy Lichtenstein na Barceloneta

Veja que roteirinho redondinho e fácil de organizar. Combinar essas três cidades lindas rende uma viagem maravilhosa:


Catedral de Girona, cenário para o "Grande Septo de King's Landing" em Game of Thrones
Catedral Gótica de Girona, agora mais conhecida como cenário de Game of Thrones


Girona, que agora muita gente conhece como um dos cenários de Game of Thrones, fica a 38 minutos de trem (AVE) de Barcelona.

A cidade preserva muito de sua beleza medieval, muralhas e um bairro judeu que está entre os mais preservados da Europa.

O fosso da cidadela medieval de Carcassonne (esq) e o Cour du Midi ("Pátio Sul") do castelo
O fosso da cidadela medieval de Carcassonne (esq) e o Cour du Midi ("Pátio Sul") do castelo

Carcassonne, nos Pirineus franceses, é uma preciosidade medieval, com um castelo que parece ter saído de um conto de fadas, uma paisagem arrebatadora e o título de ter inventado uma estrela da culinária da França, o cassoulet.

Uma confortável viagem de pouco mais de 4 horas de trem liga Barcelona a Carcassonne.

A paradinha no Porto, em Portugal, ficou por conta da conexão do nosso voo da TAP do Rio de Janeiro até Barcelona. Tivemos 8 horas para curtir a cidade.

Cais da Ribeira, Porto, Portugal
Tremendo bônus: a conexão nos deu 8 horas  para passear pela Cidade do Porto

Roteiro Barcelona – Girona – Carcassonne

Veja também: Roteiro por Barcelona, Valência e Malta: um triângulo redondinho

➡️ 1ª etapa: Rio de Janeiro – Porto
O voo noturno, tranquilo, nos deixou no Porto logo de manhãzinha.

➡️ 2ª etapa: Porto – Barcelona
Pousamos às 6h da manhã no Porto, com bastante tempo para aproveitar a cidade.

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, está a 17 km do Centro da cidade e tem uma estação de metrô, o que facilitou muito a nossa vida. Foram cerca de 40 minutos de lá até a Estação Aliados, onde iniciamos nosso passeio a pé.

Barcelona: La Pedrera, a Sagrada Família e o Museu Nacional de Arte da Catalunha
Barcelona: a arte de Gaudí em La Pedrera (esq) e na Basílica da Sagrada Família (centro). À direita, a o Museu Nacional de Arte da Catalunha

Nosso voo para Barcelona decolou às 19 horas. Para evitar sustos, às 16 horas encerramos o passeio pelo Porto e voltamos para o Aeroporto com tempo de sobra para o embarque. Chegamos a Barcelona às 20:30h.

Todas as dicas do Porto

➡️ 3ª etapa – Barcelona
Ficamos quatro noites em Barcelona, três dias inteiros para ver as principais atrações e curtir o excelente astral da cidade.

Barcelona vista de Montjuic
Barcelona vista de Montjuïc

Se for sua primeira visita a Barcelona, vale a pena esticar a estada mais um pouquinho, pois Barcelona é um mundo. Pra mim, que já tinha estado na cidade, três dias (mais um quarto dia, na volta do giro a Carcassonne e Girona) foram suficientes.



Todas as dicas de Barcelona

➡️ 4ª Etapa – Carcassonne
Na manhã do quinto dia de viagem, saímos de Barcelona no TGV (trem rápido) até Figueres, a cidade de Salvador Dalí, onde fizemos baldeação para um trem francês que nos levou a Narbonne, na França. Um terceiro trem nos deixou em Carcassonne no comecinho da tarde.

Cidadela medieval de Carcassonne, França
Cidadela Medieval de Carcassonne

Atualmente, o percurso de trem de Barcelona a Carcassonne está ainda mais fácil, pois já não é mais necessário trocar de trens na fronteira Espanha-França.

Carcassonne é apenas deslumbrante. Ficamos duas noites (fazia muito frio, afinal, estávamos nos Pirineus, em pleno inverno!!).

Só a visão inesquecível da Cité, a cidadela do Século 12, pairando sobre a paisagem, já teria valido a viagem. Mas tem muito mais pra ver em Carcassonne:

Todas as dicas de Carcassonne

➡️ 5ª etapa – Girona
Essa foi a grande surpresa da viagem. A fofa e deliciosa Girona, cidade genuinamente catalã, é uma perolazinha encantadora.

Girona, Catalunha
Girona: uma rua do antigo bairro judeu de El Call e a imagem mais conhecida da cidade, o casario colorido às margens do Rio Onyar

A catedral gótica de Girona, de cair o queixo, acabou ficando muito famosa como “o Grande Septo de King’s Landing”, na série Game of Thrones. 

A imagem mais conhecida da cidade, porém, continua sendo o casario colorido às margens do Rio Onyar, que lembra muito Ponte Vecchio, em Florença.

Todas as dicas de Girona


Igreja de Santa Maria del Mar, Barcelona
O interior de Santa Maria del Mar, minha igreja preferida em Barcelona

➡️ 6ª etapa – um dia de despedida em Barcelona
Depois de uma dia delicioso em Girona e uma noite muito confortável no Hotel Meliá local — que estava cobrando um precinho muito camarada —chegou a hora de voltar a Barcelona para um dia de despedidas e pegar o voo para o Rio no dia seguinte.

Clicando nos ícones, você encontra os links para os posts sobre cada localidade:



A Espanha na Fragata Surprise


A Europa na Fragata Surprise

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 

Nenhum comentário:

Postar um comentário