16 de dezembro de 2018

Dicas de transporte em Nova Orleans - como chegar e como circular pela cidade

Opções de transporte em Nova Orleans

Um item importantíssimo no meu planejamento de viagem é mobilidade. Tão importante quanto decidir o melhor jeito de chegar a um lugar é saber como circular por ele sem perrengues que atrapalhem os passeios.

Essas dicas de transporte em Nova Orleans foram organizadas exatamente para facilitar a sua vida nesses quesitos.

Como chegar a Nova Orleans, como ir do aeroporto ao Centro da cidade e como circular entre as muitas atrações de NOla?

Procurei responder tudinho aqui neste post. Espero que ajude a tornar seu encontro com Nova Orleans tão especial quanto foi o meu 😉.
Aeroporto Internacional Louis Armstrong (MSY), Nova Orleans
O homenageado e seu trompete. À direita, uma sala de embarque do Aeroporto Internacional Louis Armstrong, em Nova Orleans
Como chegar a Nova Orleans
Nova Orleans está a 1.000 km de distância de Orlando, a 1.400 km de Miami e a 2.100 km de Nova York, os três destinos mais visitados por brasileiros nos Estados Unidos.

De avião, a viagem de Miami (um dos hubs da American Airlines) a Nova Orleans dura 2h05, em voo direto.

De Atlanta, hub da Delta Airlines, o voo direto dura apenas 1h30. De Chicago, hub da United, o tempo de viagem é de 2h10.

O Aeroporto Internacional Louis Armstrong de Nova Orleans (tão lindo quanto isso só Aeroporto Tom Jobim, no Rio, e Aeroporto John Lennon, em Liverpool) também recebe voos de empresas low-cost como Spirit, Southwest, Sun Country e Jet Blue.

Aeroporto Internacional Louis Armstrong (MSY), Nova Orleans
12 milhões de viajantes passaram pelo Aeroporto de Nova Orleans em 2017
O avião é o melhor jeito de chegar a Nova Orleans — ainda que a cidade seja servida pela Amtrak, a companhia de trens dos Estados Unidos, e por empresas de ônibus, como a Greyhound, só o estado da Luisiana já é enorme e Nova Orleans fica lá na pontinha Sul. Qualquer viagem terrestre entre NOla e outra grande cidade americana é uma eternidade.

Não há voos diretos do Brasil pra Nova Orleans, mas a Latam, a Copa Airlines, a American, a United e a Delta levam você até lá, com conexões.

Eu escolhi voar com a American, que tem um voo direto de Brasília para Miami e estava com o melhor preço Brasília-Nova Orleans (cerca de US$ 850) na época que fiz a compra. Precisei fazer duas conexões, na ida e na volta.

Conexão no Aeroporto de Dallas/Forth Worth, Texas, EUA
Do limão à limonada: enquanto eu mofava no Aeroporto de Dallas/Fort Worth, aproveitei para traçar um bifão texano
Meu itinerário Brasília-Nova Orleans teve a já esperada parada em Miami e mais uma conexão em Dalas/Fort Worth. Meu tempo total de viagem, contando voos e esperas em aeroportos, foi de cerca de 24 horas.

Na volta, os voos foram Nova Orleans-Miami-Manaus-Brasília. Um esticão também de cerca de 20 horas.

Aeroporto Internacional Louis Armstrong (MSY), Nova Orleans
Viajei para Nova Orleans com a American Airlines, que estava oferecendo a tarifa mais barata na época da compra do bilhete
Como ir do Aeroporto Louis Armstrong ao Centro de Nova Orleans
Fiz duas viagens de ida e duas de volta entre o Aeroporto de Nova Orleans e o French Quarter/ Faubourg Marigny. Em três desses trajetos, usei o uma empresa de transfer compartilhado. No outro, usei o táxi.

➡️Transfer compartilhado do aeroporto ao Centro de Nova Orleans
Na chegada do Brasil, moída de avião, escolhi o Airport Shuttle, que cobra US$ 24 pelo transporte one way ou US$ 44, se você comprar a ida e a volta. A viagem leva cerca de 40 minutos.

Transfer do aeroporto de Nova Orleans para o Centro da cidade

O serviço do Airport Shuttle é em micro-ônibus compartilhados que levam os passageiros até a porta de seu hotel (dos hotéis conhecidos, pelo menos). Hospedagens muito alternativas não fazem parte do trajeto do Airport Shuttle, mas eles deixam e recolhem o passageiro em um ponto próximo.

Se optar por esse serviço, lembre-se que transporte compartilhado sempre implica aquele pinga-pinga, com o micro-ônibus parando em vários hotéis para deixar os passageiros.

Nova Orleans, Casarão histórico no Faubourg Marigny
Quem fica nos bairros mais bonitos de Nova Orleans chega por último no hotel com o shuttle. Mas não tem do que reclamar 😊
Quem se hospeda no French Quarter ou no Faubourg Marigny (meu caso), fica por último, pois o transporte passa antes pelo Business District, onde fica a maioria dos hotéis de rede.

Repeti a dose com o Airport Shuttle chegando de Memphis e, no dia seguinte, quando peguei o voo de volta ao Brasil.

O serviço foi super pontual ao me recolher para a ida ao aeroporto. O Airport Shuttle tem cinco guichês no Aeroporto Internacional Louis Armstrong, nos setores B e C. Veja no mapa, no site da empresa.


Transfer do aeroporto de Nova Orleans para o Centro da cidade
O voucher do Airport Shuttle traz tudo explicadinho. Só erraram meu nome: Who is Campas, C??? 
➡️ Táxi do Centro de Nova Orleans para o aeroporto 
Para embarcar de Nova Orleans para Nashville, fui de táxi para o aeroporto.

A tarifa de táxi para corridas entre o Centro de Nova Orleans e o Aeroporto é tabelada em US$ 36. Vale mais a pena que o transfer para quem está viajando com pelo menos mais uma pessoa.

➡️ Uber para o aeroporto de Nova Orleans
O Uber funciona bem em Nova Orleans, mas, no dia do meu embarque de lá para Nashville, estava com uma tarifa salgadíssima do Faubourg Marigny para o aeroporto, por conta da chuvarada que caía da cidade: US$ 48. Preferi o táxi.

As tarifas normais do Uber para corridas de e para o aeroporto de Nova Orleans ficam na casa dos US$ 25.

Trajeto do aeroporto de Nova Orleans ao Centro da cidade
A maior parte do caminho entre o aeroporto e o Centro de Nova Orleans é feita por uma via expressa
➡️Ônibus da Greyhound do aeroporto para o Centro de Nova Orleans
Uma alternativa econômica para ir do aeroporto ao Centro de Nova Orleans são os ônibus da Greyhound, que fazem o trajeto em cerca de 25 minutos e cobram US$ 10 pela passagem.

O problema do ônibus da Greyhound são os horários. O serviço começa ao meio-dia e as partidas são muito espaçados, que obrigam o passageiro a esperar muito tempo pelo deslocamento — depois de 24 horas de chá de avião, não tinha a menor chance de eu encarar essa economia.

A parada da Greyhound no Aeroporto de Nova Orleans fica entre as saídas dos setores (concourses) D e C. A passagem precisa ser comprada online, pois não há bilheteria da empresa no aeroporto e não é possível pagar diretamente ao motorista.

Na chegada ao centro de Nova Orleans, a parada da Greyhound é no Union Passenger Terminal (1001 Loyola Avenue), estação rodoviária e ferroviária a cerca de 3 km do French Quarter.

Superdome, Nova Orleans
Vindo do aeroporto, logo que chegar ao centro, fique atenta para ver e clicar o Superdome de Nova Orleans, estádio de futebol americano e casa dos Saints, o time da cidade
➡️ Transporte público do aeroporto para o Centro de Nova Orleans
Por fim, se você quiser usar o transporte público, vai gastar pouquinho, apenas US$ 2

Mas vai ter que pegar um ônibus na beira da pista da Jerome Glazer Road, rodovia que liga o aeroporto ao centro, e descer no Business District (na Tulane Avenue). Sinceramente? Não recomendo.

Bonde de Nova Orleans (streetcar)

Transporte em Nova Orleans – como circular e explorar a cidade

Quem se hospeda no French Quarter ou no Faubourg Marigny tem a vantagem de poder chegar às principais atrações de Nova Orleans a pé, pois a maioria delas está concentrada nesses dois bairros vizinhos, que, juntos, pouco ultrapassam os 2 km².

Bonde de Nova Orleans (streetcar)

➡️ Os bondinhos de Nova Orleans
Para distâncias maiores, o jeito mais charmoso de se deslocar por Nova Orleans são os famosos streetcars (bondinhos) da cidade.

São quatro rotas principais (verde clara, vermelha, verde escura e amarela) que cobrem bastante bem as área de interesse turístico na cidade.

O grande "hub" das linhas de streetcars é a Canal Street, o coração do Business District — a antiga zona neutra, transição entre a cidade francesa e os novos núcleos urbanos estabelecidos pelos norte-americanos, após a compra da Luisiana, em 1803.

Canal Street, Nova Orleans
A teia de fios dos bondes em Canal Street. Ao fundo, o Saenger Theater, um dos mais tradicionais da cidade
Em Canal Street passam, por exemplo, os bondes que vão para:

➡️ Garden District, o bairro histórico dos norte-americanos (Linha 12, na altura da Bourbon/Carondelet).

➡️ Lee Circle, onde estão os bem reputados Museu Nacional da II Guerra Mundial (National WWII Museum), Museu Ogden de Arte Sulista (Ogden Museum of Southern Art) e o Centro de Artes Contemporâneas (Contemporary Arts Center) (Linha 12)

Garden District, Nova Orleans
Fiz essa foto dentro do bondinho, chegando no Garden District
➡️ Faubourg Marigny e French Quarter (Linha 48)

➡️ Louis Armstrog Park (Linha 88)

➡️ Union Passenger Terminal (a estação rodoviária e ferroviária, Linha 49).

Duas linhas de bonde fazem uma espécie de contorno do French Quarter e do Faubourg Marigny, os bairros mais antigos.

Bonde de Nova Orleans (streetcar)
O streetcar passando pela North Rampart Street, uma das "fronteiras" do French Quarter

Não espere, portanto, encontrar bondes circulando no miolo dessas duas vizinhanças — na década de 40 do século passado, as ruas estreitas e a necessidade de conservar os edifícios históricos do Marigny e do French Quater levaram à desativação de várias linhas de streetcars que percorriam a área.

Francamente, você não vai sentir falta de transporte para explorar o Frenche Quarter e o Faubourg Marigny: eles são tão lindos que caminhar vai ser um grande programa.

Veja no mapa da New Orleans Regional Transit Authorit (a empresa de transportes da cidade) as rotas e horários dos bondes e ônibus de Nova Orleans.

Bilhete do bonde de Nova Orleans
O passe da RTA custa US$ 3 e dá direito a viagens ilimitadas nos ônibus e bondinhos de Nova Orleans ao longo de 24 horas
Conhece a história da linha de streetcars que inspirou o dramaturgo Tennessee Williams? Dá uma olhada: Nova Orleans e o Bonde chamado Desejo

➡️ Como usar os bondes de Nova Orleans
As passagens para uma única viagem nos streetcars de Nova Orleans custam US$ 1,25.
Para usar o bonde, basta subir a bordo e depositar o valor da passagem na maquininha, que fica bem à vista. Para passagem única, a máquina não emite recibo.

➡️ É preciso ter a quantia exata para pagar o bilhete do streetcar, pois a máquina não dá troco.

➡️ Eu achei mais prático comprar o passe de 24 horas para usar os bondes e ônibus da cidade. Custa US$ 3 e também é emitido pela máquina a bordo (coloque as três notinhas e, voilà).

Neste caso, a máquina vai emitir um bilhete, que você deverá apresentar nas viagens subsequentes.
Se você fizer três viagens de transporte público durante a validade do passe, já é mais vantajoso do que comprar bilhetes unitários.

Apenas em algumas linhas o serviço de alto-falante do streetcar vai “cantando” o nome das paradas e anunciando as próximas.

Se calhar de pegar um bonde sem serviço de alto-falante, avise ao condutor qual é seu destino, que ele vai apontar seu ponto de desembarque um pouco antes da chegada à parada.

Bicicletas para aluguel em Nova Orleans
Em uma cidade super plana como Nova Orleans,
alugar uma bicicleta pode ser ótima ideia
Uber em Nova Orleans
Usei muito pouco o Uber em Nova Orleans—eu estava hospedada a menos de 200 metros da Frenchmen Street, então dava para voltar a pé para o hotel mesmo tarde da noite, após a farra musical de cada dia.

Recorri ao serviço apenas nas noites em que fui para a Bourbon Street — o trecho da rua onde ficam concentrados os bares e casas de jazz estava a cerca de 1 km do meu hotel e não achei muito sensato caminhar por quarteirões escuros à noite.

Uber em Nova Orleans
Nessas duas ocasiões, gastei cerca de US$ 7 por corrida. Se a gente converter o valor para real, fica bem salgado, considerando a distância.

Quando chamar o Uber em Nova Orleans, saiba que a maioria dos automóveis da cidade têm placas apenas na parte de trás — a lei não exige placas na parte dianteira do veículo.
 


➡️ Meu roteiro musical nos EUA

Os Estados Unidos na Fragata Surprise
Piece of cake: é simples e rápido fazer o visto americano em Brasília
Miami
Nova York
Orlando

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.


Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário