30 de setembro de 2014

Arco do Triunfo: o melhor mirante de Paris

Paris do alto do Arco do Triunfo
A coisa mais bonita que eu já vi em Paris foi... Paris. Ver a capital francesa do alto é uma experiência única que vai enriquecer muito seu roteiro por lá.

E mirantes não faltam para contemplar Paris. Tem as escadarias de Sacre Coeur, a Torre Eiffel, as Torres de Notre Dame e até aquele monstrengo inominável da Torre Montparnasse (onde eu me recuso a pôr os pés).

O meu mirante favorito em Paris, porém, é o Arco do Triunfo. De seu terraço, a 50 metros de altura, dá pra ver a cidade sem se sentir distante dela — uma perspectiva única, que permite sentir a pulsação urbana.

A gente vê do alto, mas ainda se sente imersa em Paris. Em mirantes mais elevados, a sensação é de ser espectadora da cidade. Do alto do Arco do Triunfo, o observador contracena com Paris.

Central, fácil de chegar e muito fotogênico, o Arco do Triunfo merece muito entrar em seu roteiro em Paris. Veja como organizar sua visita:
De um mirante para o outro: Sacre Couer vista do alto do Arco do Triunfo. A basílica de Montmartre é outro ponto famoso para ver Paris do alto
➡️ Visita ao Arco do Triunfo - dicas práticas
Como chegar
O Arco do Triunfo fica na Place Charles-de-Gaulle, e a estação do metrô Charles de Gaulle-Étoile (linhas 1, 2 e 6, e RER A) fica de cara para o monumento.

Você já deve ter lido isso em um monte de lugares, mas não custa repetir: não tente atravessar as avenidas para chegar até o monumento. Ao lado das entradas do metrô você encontrará as escadarias que levam à passagem subterrânea até à base do arco.
O Arco é decorado com o nome de todas as batalhas vencidas pelas tropas napoleônicas e de todos os generais  que comandaram exércitos do Imperador
Horário de abertura
Diariamente, das 10h às 23h, de abril a setembro. Entre outubro e março, fecha às 23:30h.

PreçoO ingresso para subir ao terraço do Arco do Triunfo custa € 9,50.

Olha só a chuva que estava caindo quando chegamos aos pés do Arco. 300 degraus depois, a tarde estava linda... — sim, eu sei que você estava esperando para ver a imagem da Torre Eiffel feita lá de cima 😉
Acesso ao terraço do Arco do Triunfo
O terraço do Arco do Triunfo se debruça sobre a famosa Étoile (estrela), a confluência de 12 avenidas de Paris. 

Para chegar lá no alto, é preciso subir uma cascuda escadinha em caracol de 300 degraus — para quem tem alguma dificuldade de locomoção, há elevadores.

Há uma espécie de memorial no topo do Arco do Triunfo, em um salão que fica logo abaixo do terraço, nada de muito interessante. 

Lá no mirante, prepare-se para a aglomeração de gente no ângulo do terraço voltado para a Torre Eiffel. 

Por sorte, Paris é bonita vista de todos os quadrantes e você não precisa trocar cotoveladas para ter acesso a esse disputado cantinho. Aproveite para olhar em outras direções, enquanto espera a muvuca amainar. 

E leve moedinhas para acionar as lunetas.

➡️ Um pouquinho da história do Arco do Triunfo
Quando Napoleão Bonaparte ordenou a construção do Arco do Triunfo, ele não estava pensando na alegria dos 1,8 milhões de turistas que todos os anos sobem as tais escadinhas para disparar freneticamente suas câmeras no terraço do monumento.

Em 1806, quando foi decidida a construção do arco, Napoleão estava por cima da carne seca na Europa. Dois anos antes, ele havia sido coroado Imperador da França e já começava a expandir seus domínios para além das fronteiras nacionais. 

A escadinha de caracol que leva ao topo do Arco e a eterna aglomeração no canto em frente à Torre Eiffel. Tem horas que junta tanta gente que dá medo de o arco adernar como a Torre de Pizza 😊
Em dezembro de 1805, Bonaparte havia assinalado uma de suas maiores vitórias militares na Batalha de Austerlitz, derrotando forças combinadas da Rússia e do Império Austro-Húngaro.

O Arco do Triunfo — inspirado nos monumentos romanos que celebravam grandes feitos militares — foi idealizado para celebrar vitórias como essa e muitas que viriam a seguir.

Uma das "pernas do Arco tem um elevador, para quem tem dificuldade de locomoção
A construção do arco, porém, só seria concluída em 1836, 15 anos após a morte de Bonaparte, depois de um longo período de interrupção — os restaurados reis da Dinastia dos Bourbon não quiseram conversa com as lembranças napoleônicas.

Mesmo assim, quando foi finalmente concluído o projeto seguiu fiel ao idealizado pelo imperador: nada menos do que 128 batalhas vencidas pelas tropas napoleônicas são lembradas com inscrições nas paredes do monumento. 

O túmulo do Soldado Desconhecido está instalado na base do Arco do Triunfo.

O Arco foi idealizado para celebrar as vitórias militares de Napoleão. Desde sua inauguração, o monumento virou local de comemoração das mais importantes datas cívicas francesas
Desde sua inauguração, o Arco do Triunfo é o ponto de partida de todas as grandes celebrações cívicas da França, como o 14 de Julho, data da Queda da Bastilha e início da Revolução Francesa.

Em duas ocasiões, o exército alemão vitorioso usou essa tradição para humilhar os franceses. Em 1871, após a Guerra Franco-Prussiana, e em 1940, quando as tropas nazistas entraram em Paris.
O Arco de La Défense ao longe
Mais sobre Paris
A França na Fragata Surprise
Carcassonne
Rouen

A Europa na Fragata Surprise

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

4 comentários:

  1. Tb adorei a vista daí! Eu não subi na Torre Montparnasse, mas meus pais sim. Pelas fotos (com zoom) a vista de lá é legal, melhor do que da escadaria da Sacre Couer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a vista da Tour Montparnasse deve ser linda, Fernanda, mas eu impliquei com o monstrengo. Agora, tenho que ser coerente :))))

      Excluir
  2. Adorei o post e concordo que a vista é linda, mas minhas preferida é a o Panthéon. Não sei se você chegou a subir, mas acho que vale super a pena! Deixo aqui meu post para você ver a vista. E concordo, a coisa mais sensacional de Paris é "ver Paris" http://ideiasnamala.com/2011/06/19/paris-uma-visita-ao-pantheon/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, a cúpula do Pantheón estava em restauração, nem sei se estava aberta ao público. Mas está anotado, para a próxima visita.

      Excluir