quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Setúbal: dicas práticas

Castelo de São Filipe, em Setúbal
Falei super bem de Setúbal, mas fiquei devendo as informações basiquinhas sobre a minha passagem por lá no último Dia de Natal. Então, vamos lá:


imagem: googleearth
Como Chegar
Setúbal fica em frente à foz do Rio Sado e ao Atlântico, 40 quilômetros ao Sul de Lisboa. Com o trem de cercanias da Fertagus, a viagem da capital até lá leva cerca de uma hora.

O percurso da capital até lá é muito agradável, com direito à travessia do Tejo pelo Ponte Luiz de Camões e uma vista matadoríssima para a Torre de Belém e para o Padrão dos Descobrimentos.

Os bilhetes de trem, de ida e volta, custam € 9,60 e há saídas de hora em hora das estações Entrecampos ou Sete Rios, ambas conectadas ao Metrô.

A passagem precisa ser carregada num cartão Viva Viagem ou Sete Colinas, que custa € 0,50.

Onde Comer


Porto pesqueiro de Setúbal
Em frente ao Porto Pesqueiro de Setúbal, às margens do Rio Sado, há diversos restaurantes especializados em frutos do mar, daqueles que a gente escolhe o peixe e os mariscos quase vivos num balcão de gelo. Os bichos são pesados, preparados e levados à mesa. No Dia de Natal, apenas um desses restaurantes estava aberto (e tinha uma fila de espera de sentar no meio fio e chorar).

Para nossa sorte, na rua paralela ao porto, o Restaurante Baluarte do Sado tinha uma mesa para quatro (a única vaga, que parecia estar esperando por nós). O atendimento caloroso, típico dos estabelecimentos familiares, já conquista a gente logo de cara. Mas a comida estava tão boa que eu nem me importaria de ser obrigada a almoçar ajoelhada no milho (detalhes no post anterior). Super recomendado.

Vale a pena dar uma esticadinha de Lisboa a Setúbal para provar o arroz de mariscos, carro chefe da casa, ou o filé com camarão-tigre. Com vinho, sobremesa e (muitas) entradinhas, a conta ficou em €25.

Restaurante Baluarte do Sado, Praça da República nº 1, Setúbal, em frente ao Jardim Engenheiro Luís da Fonseca.
Além da vista para o mar, o castelo também se debruça
 para os campos, pontilhados de moinhos de vento
Castelo de São Filipe
Também já foi devidamente citado no post anterior. Tem uma vista muito bonita para o Rio Sado, o Atlântico e a cidade. A construção é do Século 16, mas as fortificações sofreram muitas alterações, ao longo do tempo. Mesmo assim, as muralhas externas estão muito bem preservadas, o túnel de acesso à fortaleza é impressionante e a capela, com as paredes internas e o teto totalmente decorados com azulejos é um showzaço. A entrada no castelo é gratuita e ele pode ser visitado todos os dias do ano.

No local funciona um hotel da rede Pousadas de Portugal, que reúne estabelecimentos localizados em edifícios históricos e de interesse cultural pertencentes ao Estado português, o equivalente local à rede Paradores de España. São 33 hotéis de alto padrão, em lugares como Sagres, Évora, Óbidos e Guimarães. A Pousada São Filipe, em Setúbal, tem diárias a partir de €115, no inverno.

Ainda a bordo do trem, a primeira visão de setúbal
 é o castelo pendurado nas alturas
Como circular
Nossa vida em Setúbal ficou muito mais fácil com os serviços do taxista João André, super cortês e cheio de dicas da cidade. Ele nos levou da Estação Ferroviária ao Castelo e foi contando um pouco sobre Setúbal e a Fortaleza. Nas duas vezes que voltamos a chamá-lo, para ir do castelo à cidade e, depois, de volta à Estação, chegou rapidíssimo, sempre muito gentil. Se você quiser contratar alguém para rodar por Setúbal, eu recomendo. O número do Sr. João é o 963054200.

Estação de trens de Stúbal


Mais sobre Setúbal

Portugal na Fragata Surprise
Roteiros
20 dias em Portugal - roteiro de carro
Roteiro de carro redondinho: de Lisboa a Santiago de Compostela

Dicas gerais
De carro em Portugal: como organizar sua viagem
Portugal: 8 razões pra voltar (sempre e muito)
Dicas práticas: de carro entre Lisboa e Santiago de Compostela
Os viajantes, as crises e a vida real
Perdida na tradução: o Português de Portugal

Comer/beber/petiscar
Muito além do Bacalhau: o que comer - e onde comer - em Portugal
A mesa portuguesa ou Pantagruela rides again
Lisboa: Mercado da Ribeira - reunião de delícias portuguesas
Doces portugueses: tentações com origem divina
Surpresa: hambúrguer português bate um bolão. Três lugares para praticar o sacrilégio
A fantástica fábrica de pastéis de Belém
Mercado do Bolhão, no Porto, pra viajar com os cinco sentidos
Porto: café com estilo no Majestic e Guarany

Hospedagem

Onde me hospedei em Portugal (Aveiro, Porto, Coimbra, Évora e Lisboa)
Amarante: o charme da hospedagem rural
Hospedagem em Alcobaça: Solar Cerca do Mosteiro
Lisboa: duas dicas de hospedagem
Hospedagem na Cidade do Porto: Hotel Aliados

Destinos
Lisboa

Fim de ano na Europa: vale a pena? Como foi meu Natal em Lisboa
Museu Nacional de Arqueologia: bom passeio em Belém
Mirantes de Lisboa: 7 lugares pra ver a cidade do alto e se apaixonar
Tesouro de Portugal: o Convento do Carmo, em Lisboa
Lisboa: como aproveitar uma conexão (dicas práticas e passeios)
Minhas melhores memórias de Lisboa
A fantástica fábrica de pastéis de Belém
Lisboa: Mercado da Ribeira - reunião de delícias portuguesas
Bertrand, a livraria mais antiga do planeta

Alcobaça
O que ver no Mosteiro de Alcobaça

Hospedagem impecável: Solar Cerca do Mosteiro


Aveiro

Batalha

O que ver no Mosteiro da Batalha

Braga
O que ver em Braga em um bate e volta a partir do Porto

Coimbra 
Coimbra: simpatia prévia e encanto para toda a vida
Onde ouvir o Fado de Coimbra
Coimbra: dicas práticas
Uma visita à Universidade de Coimbra
O Convento de Santa Clara
Museu Nacional Machado de Castro: lindo, surpreendente, imperdível

Évora
O que fazer em Évora
Évora - dicas práticas
Como organizar um bate e volta a Évora a partir de Lisboa

Passeio lindo nos arredores de Évora: o Castelo de Montemor-o-Novo

Fátima
Dicas práticas

Óbidos
Paixão instantânea

Peso da Régua 

Um passeio pelo Rio Douro

Porto

Dicas práticas
O que fazer no Porto
Lello, a livraria mais bonita do mundo
Cidade do Porto: aos pouquinhos, eu vou ficando...
Como aproveitar uma conexão: 8 horas na Cidade do Porto
Cidade do Porto, terra de navegadores
Mercado do Bolhão, no Porto, pra viajar com os cinco sentidos
Porto: café com estilo no Majestic e Guarany

Serra da Estrela
Um passeio por Seia, Piódão e outros encantos



Caminho Português a Santiago de Compostela
Valença do Minho
Caminho de Santiago: começando a jornada

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Marília, eu não me hospedei em Setúbal. Fia apenas um bate e volta, a partir de Lisboa. Mas há várias opções de hospedagem, além do Castelo de São Felipe. Consulte os sites de reservas de hospedagem para ver preços e o tipo de acomodação.
      Abs

      Excluir