1 de setembro de 2019

Cabo Verde: compras na Ilha do Sal


Tecidos africanos em uma loja de Santa Maria, Ilha do Sal
Tecidos do Senegal: deu a maior vontade de trocar todas as almofadas aqui de casa
Se pra você uma viagem só é completa quando volta pra casa com as famosas lembrancinhas na mala, vai precisar apurar o olho clínico na hora de fazer compras na Ilha do Sal, em Cabo Verde.

Claro que você vai ver várias lojas e mercados de artesanato, especialmente em Santa Maria. Mas prepare-se para encontrar pouquíssima coisa autêntica, feita mesmo em Cabo Verde.

A vasta maioria da mercadoria à venda nesses mercados são aqueles “vestidinhos de Bali” oferecidos por ambulantes nas praias do Brasil e peças de originalidade similar.

Miniatura de casa típica da Ilha do Fogo, souvenir de Cabo Verde
Essa miniatura das casas típicas da Ilha do Fogo, feita em pedra vulcânica, já é a grande estrela da minha coleção
A Ilha do Sal tem recursos naturais muito limitados — é praticamente um deserto cercado de praias paradisíacas onde o turismo, a extração do sal e a pesca respondem pela atividade econômica.

Do artesanato que vi à venda nas ruas, a maior parte eram peças feitas em série, oferecidas principalmente por imigrantes senegaleses.

Mas não desista das suas compras na Ilha do Sal. Basta um pouquinho de paciência: até eu, aquela que não compra nada em viagens, consegui encontrar peças bacanas de artesanato em Santa Maria em duas lojas que recomendo com muita tranquilidade.

Veja minhas dicas de compras na Ilha do Sal, em Cabo Verde:

Loja de artesanato em Santa Maria, Ilha do Sal
A Djunta Mo Art pratica comércio justo e apoia um projeto de geração de renda para mulheres cabo-verdianas
⭐Djunta Mo Art
Rua de pedestres 1º de Junho, Santa Maria
Aberta diariamente das 8:30h às 22h 

Essa loja é a ponta de um projeto que busca construir uma alternativa de geração de renda para mulheres em Cabo Verde, baseado comércio justo — prática que assegura uma remuneração digna às artesãs e o respeito a padrões sociais e ambientais responsáveis.

As peças de artesanato são produzidas por mulheres cabo-verdianas das ilhas de Santiago, Santo Antão e Fogo, apoiadas pela Organização de Mulheres de Cabo Verde e da ONG italiana Persone Come Noi.

Atualmente, cerca de 200 mulheres de 10 cooperativas estão envolvidas no projeto Mãos de Cabo Verde, que resgata tradições artesanais que estavam em vias de extinção.

Produtos típicos de Cabo Verde vendidos no sistema de comércio justo
As bijuterias, tecidos, acessórios, cosméticos e doces vendidos na loja são fruto do trabalho de mulheres reunidas em cooperativas
A ênfase do projeto é no artesanato de pedras vulcânicas da Ilha do Fogo, cerâmica e tecelagem — esta executada em teares artesanais de cintura, instrumento que achei muito parecido com os teares tradicionais usados na Guatemala.

Essa iniciativa está promovendo a preservação de uma antiga tradição cabo-verdiana, o Panu di Terra, faixas de tecido de algodão muito apreciadas, usadas em celebrações e até como moeda de troca e que tem forte relação com a identidade cabo-verdiana.

Loja Djunta Mo Art, de produtos de Cabo Verde, em Santa Maria, Ilha do Sal
A vitrine da loja e, à direita, o Panu di Terra
Quase todas as minhas compras na Ilha do Sal — presentinhos para a família — foram feitas na Djunta Mo Art. Gostei muito dos brincos (na faixa dos € 4), colares (€ 10) e outras peças feitas em cerâmica, muito delicadas e elegantes.

Para quem coleciona casinhas, como eu, a loja é uma perdição, pois dá vontade de comprar todas as miniaturas das casas típicas de Chã das Caldeiras, na Ilha do Fogo, que custam € 8.

Tecido africano comprado em Santa Maria, Ilha do Sal
Minha mãe é decoradora e amou essa peça de tecido senegalês
⭐Portón de Nós Ilha
Rua de Pedestres 1º de Junho, Santa Maria

Esta loja tem um tentador estoque de tecidos em cores e padrões muito bacanas. Se eu estivesse viajando com uma mala maiorzinha, teria feito a feira e a essa altura a minha casa estaria toda decorada com lindas estampas africanas.

As peças de fazenda têm em torno de 2 metros, com largura dupla (160 cm) e custam € 5 o metro — mas nem precisei chorar para a vendedora oferecer um corte com 2,05 cm por € 8. Comprei apenas uma peça, presente pra Mami.

Loja de artesanato em Santa Maria, Ilha do Sal
O Portón de Nós Ilha vale o garimpo
Visto da rua, o Portón de Nós Ilha ("Portal da Nossa Ilha", em crioulo cabo-verdiano) parece ser apenas uma portinha acanhada, mas a loja é grande e tem uma variedade bem sortida de produtos. Vale a garimpada, ainda mais que a atendente é de uma simpatia contagiante e adora uma conversa.

As mercadorias não são made in Cabo Verde, são produtos que chegam de outros países africanos, especialmente do Senegal.

Rua de pedestres de Santa Maria, Ilha do Sal
Principal rua de Santa Maria, a 1º de Junho é exclusiva para pedestres e tem uma infinidade de lojinhas de souvenir
⭐Comidas e bebidas de Cabo Verde 
Uma possibilidade de lembrancinhas bacanas para comprar na Ilha do Sal são produtos para agradar o paladar. 

Quem vai despachar a bagagem na viagem de volta, pode apostar nas garrafas de grogue (uma aguardente típica de Cabo Verde, feita de cana-de-açúcar), licores de frutas ou do vinho Chã do Fogo, feito de uvas cultivadas nas encostas do vulcão da Ilha do Fogo.

Salina na Ilha do Sal, Cabo Verde
O principal produto da Ilha do Sal é... sal. Mas, se eu fosse você, enchia a mala de doces 😀
Eu não despachei a malinha e pretendia comprar um estoque dessas bebidas nas lojas do Aeroporto Internacional Amílcar Cabral, já na área de embarque, após o scanner — eu podia dizer no free-shop, pra encurtar, mas não chega a tanto.

Na mala de mão é sempre possível trazer doces típicos locais, feitos de frutas como banana e tamarindo, que são muitíssimo gostosos, e até latas de atum cabo-verdiano em conserva. Eu trouxe doce de manga e geleia de tomate (excelentes!!).



Mais sobre a Ilha do Sal, Cabo Verde
Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook 

Nenhum comentário:

Postar um comentário