23 de novembro de 2007

Santa Margherita dei Cerchi, a igreja de Dante e Beatriz em Florença


Estátua de Dante Alighieri em frente à Igreja de Santa Croce, Florença, Itália
Estátua de Dante em Santa Croce, Florença
Música deste post: La Chanson des Vieux Amants, Ilene Barnes

Em Florença, talvez a cidade que concentre mais maravilhas por metro quadrado neste planeta, a visita que mais me emocionou foi a Santa Margherita dei Cerchi, a igreja de Dante e Beatriz, que a lenda consagrou como palco de uma história de amor bela e melancólica.

A igrejinha meio escondida é apontada como o local onde o poeta Dante Alighieri conheceu sua amada e musa da vida inteira, Beatrice (Beatriz) Portinari. Conheceu é modo de dizer, pois Dante e Beatriz jamais tiveram a oportunidade de trocar uma palavra. Só olhares, durante as missas em Santa Margherita, paróquia frequentada pelas famílias de ambos.

A casa de Dante e a Igreja de Santa Margherita dei Cerchi, em Florença
A casa de Dante (esq) e a Igreja de Santa Margherita dei Cerchi, em Florença
Santa Margherita dei Cerchi é uma das mais antigas igrejas de Florença ainda de pé, datada do começo do Século 11. É uma construção muito simples, sem obras de arte ou traços especialmente marcantes. Mas românticos de todos os cantos do planeta a batem ponto lá para visitar o suposto túmulo de Beatriz.

Está é só mais uma lenda florentina. Não há qualquer prova de que a sepultura que se encontra em um nicho lateral do interior da Igreja de Santa Margherita dei Cerchi guarde os restos mortais de Beatriz. 

Igreja de Santa Margherita dei Cerchi, Florença, túmulo de Beatriz, amada de Dante
O interior da igreja e o suposto tumulo de Beatrice, que agora recebe cartas com pedidos de conselhos amorosos, como Julieta
A igreja era frequentada pela família paterna dela, mas no Século 13 mulheres casadas eram sepultadas na paróquia do marido. Sim, porque a amada de Dante casou com outro homem, escolhido pela família

Mesmo com as evidências conspirando contra, o encanto do lugar é irresistível, graças à aura que cerca a história de Dante e Beatriz. 

Casa de Dante e a Igreja de Santa Margherita dei Cerchi, em Florença
O pequeno largo onde ficam a Casa de Dante e a Igreja de Santa Margherita dei Cerchi
Santa Margherita dei Cerchi é uma igrejinha ocre e de poucos adornos, com uma entrada quase escondida em uma rua muito estreita no Centro Histórico de Florença. Conta a História que foi lá que o poeta viu sua amada pela primeira vez, quando tinha 9 anos de idade — ela tinha 8. 

E foi lá que ele continuou a vê-la até a morte de Beatriz, sem jamais trocar uma palavra com ela, separados por casamentos arranjados por suas famílias – a ironia é que o casamento de Dante, quando ele tinha 12 anos de idade, teria sido realizado lá mesmo... 

A igrejinha de Dante e Beatriz está impregnada da melancolia desse famoso romance platônico. Mergulhada na quase total escuridão, ela não atrai muitos visitantes. Só uma única vela acesa desmentia a impressão de completo abandono. A porta pesada barrava os ruídos da rua. 

⭐ Igreja de Santa Margherita dei Cerchi
Via Santa Margherita , entre a Via Del Corso e a Via Dante Alighieri. A melhor referência é a Casa de Dante, que fica bem pertinho.

Mais sobre a cidade
Post-índice com mapa - todas as atrações e dicas de Florença

Atrações



A Europa na Fragata Surprise

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter | Instagram | Facebook 

Nenhum comentário:

Postar um comentário