terça-feira, 28 de novembro de 2017

Guatemala - hospedagem em Antigua
em um hotel/museu

Meu quarto ficava neste antigo claustro
Eu gosto tanto de museus que acabei me hospedando em um 😊. O Hotel Museu Casa Santo Domingo foi o meu pouso nas quatro noites que passei em Antigua, a velha capital da Guatemala. Tudo lá é superlativo: o conforto, o aconchego, o charme, a simpatia do atendimento...

E nada menos do que sete pequenos museus estão instalados no interior do hotel, ele mesmo um dos melhores exemplares do patrimônio colonial da cidade.

O acesso à área dos apartamentos (esq) e a entrada do hotel
O hotel ocupa o antigo Convento de Santo Domingo, do Século 16, arrasado pelo terremoto de 1773. Mais de 200 anos depois, as ruínas passaram por um cuidadoso processo de restauro e adaptação para receber o hotel, inaugurado em 1989.
 
Adorei ficar hospedada em um “museu”. Veja como foi a experiência:

Hotel Museo Casa Santo Domingo
Tercera Calle Oriente 28 A, Antigua Guatemala. Diária (sem café da manhã) US$ 160. 5 estrelas classificado no Booking como "fabuloso" (nota 9 na avaliação dos hóspedes)

Cada cantinho do hotel é um pequeno museu
Quando você se hospeda em um lugar como a Casa Santo Domingo, a ideia de “voltar no tempo” não é mero clichê.

O hotel não recria, mas cita com muita propriedade a atmosfera de um velho mosteiro seiscentista, com uma ambientação amparada no mobiliário de época, belas peças de arte sacra e um silêncio quase celestial — pontuado, em alguns espaços, pelo canto gregoriano vertido de caixas de som invisíveis, em volume mínimo. O resultado é bem acolhedor.

Uma sala de estar do hotel
Nas áreas externas, árvores frondosas e plantas tropicais adornam os velhos pátios e quintais do convento onde o hóspede ou visitante — sim, o hotel está aberto à visitação — pode seguir um roteiro pela área arqueológica e os museus.

Eu sempre levava uma eternidade para chegar ao meu quarto, parando para ver as peças do acervo do hotel
O apartamento
A Casa Santo Domingo tem 128 apartamentos, a maioria deles dispostas em torno dos antigos claustros do convento.

O meu quarto, muito amplo, parecia isolado do mundo por suas paredes muito espessas que deixavam do lado de fora os sons e as alterações de temperatura — não tinha ar condicionado, mas não senti falta. Também não vi motivos para usar a lareira.

Meu quarto: visual austero e muito conforto. Abaixo, o banheiro


Apesar do visual rústico (quase monástico) do apartamento, as acomodações são muitíssimo confortáveis. Tem cama e travesseiros gostosos, luzes de cabeceira, poltronas, TV a cabo e frigobar. No final da tarde, na abertura das camas, a camareira sempre sintonizava a TV em um canal de jazz — fiquei fã da programação.

O quarto também dispunha de armário (com muitos cabides), cofre com fechadura eletrônica e apetrechos para assar roupa (ferro e tábua). Também gostei dos roupões fofinhos, ótimos para a escapadinha até o spa.

A lareira do quarto e a piscina do spa
Comodidades
O hotel tem uma piscina no pátio central, que não experimentei — choveu e fez um pouco de frio durante minha estadia —, mas me esbaldei na piscina aquecida do spa, com válvulas de hidromassagem, no escurinho. Todo final de tarde, era lá que eu relaxava depois dos passeios.

A Casa Santo Domingo oferece uma série de serviços para facilitar a vida do hóspedes: aluguel de automóveis, transfer para o Aeroporto de La Aurora (na capital, a 40 km), câmbio de moedas e um caixa eletrônico, além do estacionamento para hóspedes, que é gratuito.

O hotel tem um bar, que não experimentei, e o Restaurante El Tenedor, onde jantei na última noite em Antigua — e aprovei.

O "meu" claustro e os camarões que jantei no El Tenedor, na minha despedida de Antigua
Os museus da Casa Santo Domingo
Fundado no Século 16, o Convento de São Domingos foi um dos mais importantes da Capitania Geral da Guatemala, que se estendia desde o Sul do México (atual estado de Chiapas) até a atual fronteira da Costa Rica com o Panamá.

A sede da Ordem Dominicana em Antigua (então chamada de Santiago de los Caballeros) também abrigava o Colégio Maior de São Tomás de Aquino, embrião da primeira universidade centro-americana.

Peças do Museu da Prata, no interior do hotel
Quando as construções do mosteiro foram requalificadas e restauradas para a instalação do hotel, foi criado no interior das instalações um percurso histórico/arqueológico, o Passeio dos Museus, integrando uma área de ruínas, recriações das antigas oficinas mantidas pelos frades e os museus.

Eles são sete: Museu Colonial, Museu Arqueológico, Museu de Arte Pré-Colombiana, uma sala para exposições temporárias, o Museu da Prata, o Museu da Farmácia e o Museu de Artes e Artesanato de Sacatepéquez (a província onde está situada Antigua). A rota cultural abarca, ainda, antigos claustros, cripta e outras estruturas do convento.

Obras de arte, muito verde e araras tagarelas
Uma fábrica artesanal de velas, seguindo as técnicas coloniais, e uma fábrica e loja de chocolates (da marca Chocolarti) também integram o Passeio dos Museus. Os bombons de chocolate produzidos lá são um desbunde.


Santo Domingo del Cerro
O hotel mantém um restaurante, o Tenedor del Cerro, e mais dois museus, no topo do Morro Santo Domingo, nos arredores de Antigua, lugar muito disputado em dias de céu claro por conta da vista espetacular para os vulcões Água e Fuego.

Chegar lá é fácil: o hotel oferece transfer gratuito, em vans, a cada 15 minutos. O transporte pode ser utilizado também pelos não-hóspedes.

Além de ver a vista, apreciar obras de arte ao ar livre e programar uma refeição no restaurante, é possível fazer tirolesa e outras atividades.
Eu não fui até o Cerro por conta da chuva, mas quem já foi recomenda muito o passeio.


Localização do hotel e acesso às atrações de Antigua
A Casa Santo Domingo fica no Centro Histórico de Antigua, ligeiramente afastado da muvuca, a cerca de 700 metros do Parque Central (a antiga Plaza Mayor). Durante minha estadia na cidade, fiz todos os deslocamentos a pé.
A Guatemala na Fragata Surprise
Roteiro Panamá e Guatemala: 2 semanas na América Central
7 motivos para visitar a Guatemala
O que fazer em Antigua
O que fazer na Cidade da Guatemala
Cidade da Guatemala: dicas de hospedagem



Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter    Instagram    Facebook    Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário