quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Belo Horizonte:
hospedagem na Pampulha - Quality Hotel

Quality: um hotel confortável na Pampulha
Recém-inscrita na lista de Patrimônios da Humanidade da Unesco, a Pampulha, em Belo Horizonte, está atraindo cada vez mais congressos e eventos similares, aproveitando a nova leva de hotéis inaugurados ou reformados para a Copa do Mundo de 2014 — o Mineirão, estádio de futebol, também fica lá.

Em minha passagem por BH, no final de novembro, experimentei ficar baseada no bairro, já que o Encontro da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem (RBBV) 2016, motivo da minha visita, foi realizado no Museu de Arte da Pampulha (o antigo cassino) e no Hotel Quality Pampulha, onde também fiquei hospedada.

A Lagoa da Pampulha. Ao fundo, o Iate Clube
A experiência foi boa. O Quality Pampulha é um hotel confortável, muito bem conservado e tem boa estrutura para eventos. Veja os detalhes:

Gostei do meu apartamento: amplo e confortável
Localização
Museu de Arte da Pampulha
Sou fã de carteirinha do conjunto arquitetônico da Pampulha – que eu chamo de “ensaio geral, antes de Brasília”. O complexo projetado por Oscar Niemeyer, a Lagoa da Pampulha e a área verde ao redor são uma ótima opção de passeio na capital mineira.

O Quality Pampulha, porém, está a mais de um quilômetro da Lagoa da Pampulha, na movimentada Avenida Antônio Carlos, servida pelo MOVE, o novo sistema de BRT (ônibus articulados que rodam em corredor exclusivo e que melhoraram um bocado a mobilidade em BH), inaugurado para a Copa.

Outro ângulo do quarto
Para ter acesso direto à Lagoa e ao conjunto arquitetônico da Pampulha, o Quality é meio contramão. Mas a opção de transporte público na porta (a Estação Mineirão do MOVE tem uma parada bem em frente ao hotel) facilita a locomoção e o acesso ao Centro da cidade e suas atrações. O trecho da Avenida Antônio Carlos onde está o hotel é bem desenxabido, mas não compromete.

Moral da história: a localização vale muito a pena se você vai assistir a um jogo no Mineirão (a 2 km) ou no Mineirinho (o ginásio de esportes, a 1,7 km) ou vai participar de um evento no bairro.

O apartamento



O apartamento do Quality Hotel Pampulha é bem do jeito que eu gosto: amplo na medida certa para a gente circular sem trombar nos móveis, cama muito gostosa e bons travesseiros. Tem luzes de cabeceira e poltrona de leitura, o que acho indispensável, e uma quantidade bem generosa de tomadas para carregar toda a minha tralha de eletrônicos.

O banheiro novinho e amplo

Produtos de toalete da Natura
A janela à prova de som me permitiu dormir como um anjinho, abafando completamente o ruído do trânsito da Avenida Antônio Carlos.

O banheiro claro, amplo e muito limpo oferece secador de cabelos, toalhas de boa qualidade e itens de toalete da Natura. 

O WiFi gratuito funcionou bem no quarto e em todo o hotel.

Café da manhã/refeições 

O restaurante serve uma pizza famosa na cidade. Lá também é servido o café da manhã (abaixo)
No térreo do Quality Pampulha funciona uma unidade do Restaurante Olegário, rede bem reputada em BH pelas suas pizzas. Eu só experimentei o restaurante no dia em que cheguei, para um almocinho muito leve, apenas um carpaccio de filé, a única coisa que eu consegui me imaginar comendo no calor que fazia na cidade. O prato estava correto, mas não me arrancou suspiros.

Já o misto quente que pedi pelo serviço de quarto passou com louvor pelo meu crivo — tostadinho na medida certa, com o queijo bem derretido e o pão novinho, crocante.

O café da manhã é servido no espaço do restaurante, um salão envidraçado, com cadeiras confortáveis. O bufê é variado, com itens de boa qualidade e correto.




Quality Hotel Pampulha
Avenida Presidente Antonio Carlos nº 7456. Diárias para uma pessoa entre R$ 145 (apartamento superior) e R$ 200 (apartamento luxo). No último final de semana de novembro, paguei R$ 180 por diária, com café da manhã incluído, no apartamento luxo single, com cama de casal.

Restaurante Olegário
Diariamente, do meio dia às 15h (almoço) e das 18h até o último cliente.

Mais sobre Belo Horizonte
Dicas práticas
Mercado Municipal de BH: Armazém das delícias
Pampulha: Quando o futuro não era careta
Belo Horizonte: Buenos Aires com montanhas?

Minas Gerais na Fragata Surprise
Os profetas de Aleijadinho em Congonhas
Mariana
Ouro Preto
Sabará
Santuário do Caraça
São João del Rei e Tiradentes



Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário