18 de abril de 2018

2 hotéis em São Paulo - Avenida Paulista e arredores

São Paulo, Conjunto Nacional
As linhas retas de São Paulo vistas da janela do meu quarto no Hotel Meliá Paulista
Na hora de escolher hospedagem em São Paulo, ando cada vez mais preferindo ficar nos hotéis da Avenida Paulista ou arredores.

Essa é uma grande localização em São Paulo: a Avenida Paulista reúne um monte de atrações culturais, restaurantes de todos os tipos e hotéis de boa qualidade em faixas de preço variadas.

São Paulo, Avenida Paulista, Instituto Moreira Salles
O Instituto Moreira Salles, um dos bons centros culturais da Paulista, promove exposições e mostras de cinema 
Pra mim, é a melhor opção de hospedagem na cidade, seja em viagens de lazer ou a trabalho.

No último fim de semana, voltei a comprovar isso, dividindo minha hospedagem em São Paulo entre o Hotel Mercure São Paulo Alamedas, a pouco mais de uma quadra da Avenida Paulista, e Hotel Meliá Paulista, esse de cara para o gol. 

São Paulo, Avenida Paulista
A Avenida Paulista clicada do terraço do Instituto Moreira Salles
Animada, plural e sempre interessante, a Avenida Paulista é uma síntese de São Paulo. É uma área segura, tem opções de diversão de dia e à noite e museus de primeira linha — basta lembrar que o MASP, o melhor daAmérica do Sul está lá.

Coisa rara em centros financeiros e comerciais pelo mundo, a Paulista permanece (muito) viva à noite e nos finais de semana, especialmente no trecho que vai da altura do MASP até à Consolação. Isso ajuda na segurança e amplia as alternativas de lazer.

São Paulo, Avenida Paulista
Sou fã da paisagem da Paulista
Hospedagem na Avenida Paulista também significa transporte fácil e na porta: há três estações de metrô servindo os 2,7 km da avenida, além de uma infinidade de linhas de ônibus.

Também é garantia de encontrar desde o comércio mais básico ao requintado, especialmente nas ruas transversais da Avenida Paulista e nas paralelas próximas, descendo na direção dos Jardins.

São Paulo, Hotel Meliá Avenida Paulista
A avenida-síntese de Sampa e, à direita, a fachada do Hotel Meliá Paulista
No quesito gastronomia, a Avenida Paulista e arredores batem um bolão nos quesitos variedade (de preço, origem) e qualidade, como contei neste post: Comer e beber em São Paulo - do café da manhã ao tira-gosto, 5 dicas perto da Paulista

Consegui lhe convencer? Então dá uma olhadinha na minha avaliação dos hotéis Meliá Paulista e Mercure São Paulo Alamedas, duas ótimas opções de hospedagem na Avenida Paulista em uma faixa de preço bem pagável:

Acho que você também vai curtir essas duas dicas de hotéis, ambos na Alameda Jaú, nos Jardins, a duas quadras da Paulista: Royal Jardins Boutique Hotel e Estamplaza Paulista

Hotéis em São Paulo - Avenida Paulista e arredores

São Paulo, quarto do Hotel Meliá Avenida Paulista
O quarto do Meliá já estava meio bagunçado quando fiz a foto, mas estava impecável quando entramos 😀
☆ Hotel Meliá Paulista
Avenida Paulista nº 2181, Consolação. Avaliado no Booking como "muito bom (nota 8,4). Diária sem café da manhã, em apartamento duplo, a R$ 310.

O Hotel Meliá Paulista está classificado como 5 estrelas e, sem dúvida, causa boa impressão pela elegância de suas áreas comuns, como o lobby, a sala de estar e restaurante.

O defeitinho é que, embora muito limpo e bem cuidado, o hotel já começa a reclamar a troca dos carpetes, pelo menos no 15º andar, onde ficava meu apartamento.

Tirando esse detalhe, eu teria dado nota 10 para a minha hospedagem no Hotel Meliá Paulista.

São Paulo, quarto do Hotel Meliá Avenida Paulista
A mesa de trabalho
Aliás, dois aspectos estão me fazendo considerar seriamente a possibilidade de tornar o Meliá o meu “hotel oficial” em Sampa: o primeiro é a localização, no trecho mais animado da Avenida Paulista, com a estação Consolação do metrô bem na porta, a poucos passos da Rua Augusta.

O segundo ponto muito a favor do Hotel Meliá Paulista é que o danadinho ainda por cima tem apartamentos para fumantes, um conforto que me cativa de cara. Também é  possível optar por acomodações com ou sem carpete, outra bênção pra a asmática aqui.

Eu e minha amiga Tati dividimos um quarto duplo clássico no Hotel Meliá Paulista (que é o mais básico).

São Paulo, quarto do Hotel Meliá Avenida Paulista
O banheiro amplo e bem cuidado
O apartamento é bastante amplo, com um janelão voltado para a lateral do Conjunto Nacional. Tem decoração de bom gosto e oferece os confortinhos básicos: frigobar, cofre, TV (que eu nem liguei para checar as opções de canais), ferro de passar roupa, uma boa mesa de trabalho, e luzes de cabeceira.

No banheiro, também amplo e bem cuidado, encontrei toalhas fofinhas e um secador de cabelos potente.

O Hotel Meliá Paulista tem atendimento eficiente, quarto confortável, localização imbatível e preço bem pagável, especialmente para quem está dividindo o apartamento.

O café da manhã não está incluído na diária e achei o preço salgado (R$ 53), mas isso não é problema para quem está pertinho de mil opções de cafés, padarias e gostosuras da Avenida Paulista. 

Quarto do Hotel Mercure São Paulo Alamedas
Nosso quarto no Mercure São Paulo Alamedas
☆ Mercure São Paulo Alamedas
Rua Padre João Manuel nº 202, Jardins. Avaliado no Booking como "muito bom" (nota 8,4). Diária no apartamento standard duplo, sem café da manhã, a R$ 295

O Mercure São Paulo Alamedas já foi o meu hotel em Sampa. Perdi a conta das vezes em que me hospedei lá.

Quarto do Hotel Mercure São Paulo Alamedas
O apartamento é bem espaçoso.Abaixo, a vista das varandas
Nos últimos anos, porém, passei a experimentar outras opções — pra ter dicas nova para a Fragata — só para constatar que eu gosto mesmo muito de ficar no Mercure São Paulo Alamedas.

O hotel fica no segundo quarteirão da Rua Padre João Manoel, para quem desce da Paulista em direção aos Jardins. Bem atrás do Conjunto Nacional (onde você encontra cafés, livrarias, cinema...).

Varanda do apartamento do Hotel Mercure São Paulo Alamedas
A Rua Padre João Manoel vista da varanda do nosso apartamento no Mercure São Paulo Alamedas
A Estação Consolação do metrô está a 400 metros de distância do hotel. O MASP, a 600 metros. E tem um Pastel da Maria logo na esquina com a Paulista com a Padre João Manuel, que é pra a gente sair do hotel entrando no clima gastronômico de São Paulo 😋.

Depois da grande reforma feita no Mercure Alamedas, há cerca de cinco anos, uma parte dos apartamentos deixou de ter aquela configuração com sala separada do quarto e mini-cozinha equipada — agora, só as categorias mais caras contam com isso.

O resultado é que os quartos standard perderam essas comodidades, mas ganharam em amplidão.

Recepção do Hotel Mercure São Paulo Alamedas
A entrada e a sala de estar do Mercure
O nosso apartamento no Mercure São Paulo Alamedas era quase um latifúndio. Um espaço em L, com sala grande, onde ficam uma poltrona e a mesa de trabalho e, na parte menor, as duas camas de solteiro.

Cada ambiente do apartamento tem uma varanda. O banheiro é grande, equipado com secador de cabelos e a ducha é bem generosa.

Apartamento do Hotel Mercure São Paulo Alamedas
O banheiro e o closet do apartamento
Em uma espécie de closet ficam o armário, com espaço para acomodar as malas, o cofre e o frigobar.

Comparado com o Meliá, que está na mesma faixa de preço, a vantagem do Hotel Mercure São Paulo Alamedas é estar mais novinho. Sua estrutura, porém, é mais simples.

Recomendo muito os dois hotéis: confortáveis, pagáveis e com uma localização imbatível em São Paulo.

Mais dicas de hospedagem em São Paulo
Faria Lima: Hotel Radisson
Pinheiros: Hotel Mercure





Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook 

Nenhum comentário:

Postar um comentário