29 de fevereiro de 2016

2 clássicos de Porto Alegre: o Mercado e o pôr do sol

Porto Alegre - pôr do sol no Guaíba
Em Porto Alegre, o dia acaba assim

Eu sou fã de carteirinha de Porto Alegre. Já perdi a conta de quantas vezes estive na cidade (um monte delas a trabalho) e sempre me diverti imensamente por lá.

Na minha lista de favoritos em Porto Alegre, o Mercado Público e o pôr do sol no Guaíba são imbatíveis, dois clássicos que valem a viagem.

Também adoro explorar os bares da Cidade Baixa e do Bonfim (ô, noite animada!), garimpar peças divertidas no Brique da Redenção — feira de antiguidades e artesanato que rola aos domingos, no Parque Farroupilha— e passear pela Rua da Praia, que pra mim é o coração da cidade.

Mercado Público de Porto Alegre
Pra mim, não existe visita a Porto Alegre se eu não for tomar a bênção do Mercado Público

Ver o pôr do sol na beira do Guaíba, de preferência na Usina do Gasômetro, é sempre uma grande experiência. E a qualquer hora do dia, é sempre um prazer me perder entre as bancas do Mercado Público, garimpar comidinhas e depois escolher um bar ou restaurante pra comer e beber bem e olhar o movimento.

Veja as dicas para aproveitar esses dois clássicos de Porto Alegre: o Mercado e o pôr do sol.

 2 clássicos de Porto Alegre


Porto Alegre - Usina do Gasômetro
Usina do Gasômetro ao cair da tarde: fala se não dá vontade de se integrar ao piquenique?

O pôr do sol no Guaíba - Usina do Gasômetro
Porto Alegre é um caso curioso de cidade onde a maior atração turística não é um acidente geográfico, uma celebração ou uma obra de pedra e cal.

Mas nem pense que o caráter permanente da rotação da terra, a grande artífice do pôr do sol, consegue tornar banal o mergulho diário do astro nas águas do Guaíba.

Com as fotos, fica muito redundante descrever o pôr do sol no Guaíba. Só posso dizer que o laranja que tinge a paisagem não é "de farmácia" — esse é um espetáculo que não precisa de editor de imagens.

Porto Alegre - pôr do sol no Guaíba
Esses tons de laranja na imagem não são "de farmácia"

Meu lugar favorito para ver o pôr do sol em Porto Alegre é a Usina do Gasômetro, uma antiga unidade de geração de energia construída na década de 20, tão integrada à paisagem cultural da cidade que a gente até esquece que o lugar um dia teve finalidade puramente funcionais.

A Usina do Gasômetro é o Corcovado e o Elevador Lacerda de Porto Alegre, aquela imagem que basta bater o olho para a gente reconhecer o que é e onde fica.

Banda de música na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre
Se você der sorte, ainda pinta uma banda de música para embalar o pôr do sol na Usina do Gasômetro

E pensar que a capital gaúcha quase fica sem uma de suas logomarcas mais fortes. Quando foi aposentada, nos anos 70, as instalações da Usina do Gasômetro ficaram abandonadas e quase foram demolidas.

Felizmente, o espaço acabou convertido no Centro Cultural Usina do Gasômetro, onde rolam exposições bacanas de fotografia e artes plásticas, oficina de circo, teatro e sessões de cinema (já vi coisas ótimas lá. Confira a programação na página da Usina no Facebook).

Usina do Gasômetro, Porto Alegre
A Usina do Gasômetro é o "Elevador Lacerda" de Porto Alegre

Quando a tarde vai caindo, o gramado em torno da Usina do Gasômetro começa a ficar movimentado, com gente chegando de todos os cantos para ver o pôr do sol. Tem barraquinhas de todos os tipos vendendo comida, água de coco e outros beliscos.

Nos fins de semana, é comum o crepúsculo ganhar trilha sonora, com apresentações musicais de vários estilos. Quando estive lá com a turma do TchÊncontro- Encontro de Blogueiros de Viagem no Rio Grande do Sul, no finzinho de julho, uma banda de música animava a galera com fanfarras e dobrados à moda antiga. Bem legal.

➡️ Outros lugares bacanas para ver o pôr do sol Porto Alegre são o Anfiteatro Pôr do Sol (Avenida Edvaldo Pereira Paiva, Parque Marinha do Brasil) e o café da Casa de Cultura Mário Quintana (Rua dos Andradas nº 736).

Também é bem recomendada a Fundação Iberê Camargo  (Avenida Padre Cacique nº 2.000 ). Ainda não experimentei, mas está na minha lista.

Mercado Público de Porto Alegre
O Mercado Público tem essa carinha séria, mas já fiz farras inenarráveis lá 😇

Mercado Público de Porto Alegre
Vocês já sabem que eu amo passear em mercados e feiras mundo afora e um dos preferidos na vida é o Mercado Público de Porto Alegre.

Adoro o edifício, a variedade de produtos e, principalmente, a farra que sempre arremata qualquer passada por lá, já que a variedade de bares e restaurantes é bem tentadora. Passar por Porto Alegre e não tomar um chope no Marco Zero e não almoçar no Gambrinus, pra mim, não existe.

Bancas de hortifruti no Mercado Público de Porto Alegre
É verdade que turista não compra hortifrúti, mas eu adoro bancar a voyeur no Mercado Público de Porto Alegre

Bancas de hortifruti no Mercado Público de Porto Alegre



Bancas de hortifruti no Mercado Público de Porto Alegre


Não conheço nada mais poderoso para abrir o apetite do que circular entre barracas de frutas frescas, legumes e verduras do Mercado Público de Porto Alegre — fora as frutas, que sempre sucumbem à minha gula, é claro que não compro nada, mas me divirto horrores com esse voyeurismo.

E tem a farta variedade de queijos, frios, embutidos, doces, compotas, frutas cristalizadas, vinhos, espumantes... Minha mala sempre volta de Porto Alegre abarrotada 😋.

Mercado Público de Porto Alegre
Já os queijos, embutidos e frios eu arrisco trazer na mala — e faço a festa com as ofertas do Mercado

Mercado Público de Porto Alegre


No Mercado Público, você pode escolher entre a produção de pequenas propriedades e das colônias de imigrantes próximas a Porto Alegre, delicinhas regionais que sempre são a melhor maneira de "levar a viagem pra casa" e prolongar o prazer da visita.

Tem sempre uma boa oferta de orgânicos e produtos naturais, além dos eternos e irresistíveis importados.

Apetrechos para chimarrão no Mercado Público de Porto Alegre
Tudo para seu chimarrão: erva, estojos, cuias, bombas...

O Mercado Público de Porto Alegre tem  110 boxes e lojas, que vendem do peixe ao cardamomo nessa verdadeira instituição porto-alegrense, inaugurada em 1869.

O edifício neoclássico, um quadrado perfeito, ocupa cerca de 6 mil metros quadrados no coração da cidade, entre o Porto e o Largo Glênio Peres, tradicional ponto de concentração de manifestações públicas.

O Mercado Público também é um lugar legal para garimpar lembrancinhas e para se aproximar um pouco da alma de Porto Alegre — é só olhar a quantidade de boxes que se dedicam a vender erva mate e apetrechos para o chimarrão que a gente começa a entender que esse é um hábito com muito mais significados do que apenas tomar chá de canudinho 😊.

O Mercado Público de Porto Alegre é diversão em altíssimo grau.

Mercado Público de Porto Alegre
Um toquinho de Bahia (esq) num cenário bem gaudério

➡️O Mercado Público e Porto Alegre funciona de segunda a sexta-feira, das 7:30h às 19:30h. Aos sábados, fica aberto das 7:30h às 18:30h. 

Os restaurantes e bares esticam o expediente até a meia-noite, durante a semana (depois das 19:30, a entrada é só pelos portões da Avenida Borges de Medeiros e do Largo Glênio Peres). No sábado, eles acompanham o horário do resto do mercado.

Curte feiras e mercados? Dá uma olhada no monte de lugares legais mundo afora já comentados na Fragata: 


Encontro de Blogueiros de Viagem no Rio Grande do Sul 
Porto Alegre/Serra Gaúcha 
31/07 a 02/08 de 2105
Organização 
Paula Brum Naiá Mânica, blog Viagens da Mochilinha Gaúcha
Laura Botton, blog Colecionando Viagens
Glacy Machado, do Blog da Glacy

Nós no Mundo
Viaje com a Flora



Mais sobre o Rio Grande do Sul
Porto Alegre - dicas práticas
De barco, a pé e do alto: três passeios imperdíveis em Porto Alegre
Um dia na Serra Gaúcha - Caminhos de Pedra
Viajar sozinha - Serra Gaúcha


Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter | Instagram | Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário