quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Um bate e volta à ilha de Burano

Burano é uma venezinha sem palácios e grandiloquências
Uma boa dica de passeio pra quem está em Veneza é dar uma escapada à fofa Ilha de Burano, a 30 minutos de barco. Ela é uma venezinha sem palácios ou construções grandiloquentes, um charme de casinhas pintadas em cores fortes à beira dos canais e com uma tremenda cara de lugar onde mora gente (e mora mesmo! Mas só 4 mil pessoas).

Burano, assim como Murano (famosa pela indústria de peças em vidro) e Torcello, fica na Laguna de Veneza, conectada à cidade dos doges por transporte regular em barcos robustos e seguros.



Pequenininha, coloridíssima e muito sossegada, Burano aconchega o visitante e oferece um contraponto (e um descanso) das grandiloquências e das multidões que marcam qualquer passeio em Veneza.



Aliás, quando você for, vá nessa vibe. Não busque grandes monumentos, porque não há. O barato de Burano é passear por seus canais e se embrenhar por seus becos, sempre acompanhada pelas cores vibrantes, contrastando com a bruma que emana da laguna.

Aliás, a bruma é a grande responsável pela tradição. Dizem os locais que pintar as casas em cores quase berrantes foi o recurso usado para que os pescadores de Burano (a cidade é uma vila pesqueira desde tempos imemoriais) tivessem mais facilidade de encontrar o caminho no meio do nevoeiro.



Além das casas coloridas, Burano também é famosa pelos seus bordados, uma tradição que remonta ao Século 15. Simples e delicado, o merletto buranese  lembra um pouco o bordado Richelieu e se caracteriza pelo punto in aria -- chamado assim porque  o bordado não fica sobre o tecido, mas como uma espécie de renda.

Os trabalhos não são baratas, mas pesquisando bastante dá para achar algo pagável. Comprei peças usadas para colocar sobre a toalha de mesa, compondo um lindo visual, de presente para minhas duas irmãs. Com cerca de 1,20 metro de lado, essas peças custaram 30 euros cada. Mais barato que em Fortaleza...



Onde Comer 
Trattoria Da Romano

Via Galuppi 221 - Burano, fone 041 730030

Esse restaurante familiar talvez seja o segredo mais bem guardado de Burano e foi uma dica da dona do hotel onde me hospedei em Veneza. O lugar é maravilhoso.

Fui muito bem recebida no salão quase vazio — além de mim, um casal americano e só — atendida por uma miríade de integrantes da Família Romano. Pensei em tomar um conhaque para espantar o frio, mas fui convencida a trocar a pedida por um Spritze, drinque de Prosecco com Aperol (um parente do Campari) que é simplesmente delicioso.

A entrada de cozze (mexilhões) e o espaguete aos frutos do mar estavam simplesmente fantásticos e me trouxeram de volta à vida, depois da travessia glacial.



Como chegar a Burano
Há duas linhas de vaporetto de Veneza para lá. Das Fondamente Nuove, com paradas nas ilhas de Murano e Mazzorbo, 40 minutos de travessia. De Punta Sabbioni, sem escalas, o percurso dura 30 minutos.

Rota da Piazza San Marco às Fondamente Nuove,
de onde parte o vaporetto para Burano

A Itália na Fragata Surprise
Campânia: HerculanoNápoles e Pompeia
Costa Amalfitana: AmalfiRavello e Sorrento
Emília-Romanha: Bolonha e Ravena
Sicília: AgrigentoCastelmolaPalermo e Taormina
Toscana: FiésoleFlorençaLucaSan Gimignano e Siena
Vêneto: Burano e Veneza

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário