domingo, 22 de fevereiro de 2015

Roma: a Boca da Verdade

Momento raro: a Boca da Verdade sem fila 
Já contei a vocês que na mais recente passagem por Roma, no início de janeiro, saí para um longo passeio de reencontro com a cidade, sem um roteiro pré-definido, decidida a caminhar por onde desse vontade. Um lugar, porém, já estava na minha lista, desde que embarquei em Salvador para essa viagem: a Basílica de Santa Maria in Cosmedin, famoso pouso de uma máscara de origem romana conhecida como a Boca da Verdade.

Não que eu estivesse precisando aferir meu grau de sinceridade — até porque eu estava viajando sozinha, sem testemunhas, rsss — , mas porque eu curto demais a velha igreja do Século 7, belo exemplo da arquitetura românica, com toques bizantinos, abrigo de afrescos encantadores.

Piazza della Bocca della Verità ("Praça da Boca da Verdade). Em primeiro plano, o Templo de Portuno, com a Igreja de Santa Maria in Cosmedin ao fundo
Parece, porém, que sou minoria: todos esses encantos são fichinha diante do apelo do mascherone celebrizado pelo cinema, em uma cena do delicioso Roman Holiday (A Princesa e o Plebeu, em português). Geralmente, o pequeno adro do templo está tomado pela fila de gente querendo botar a mão na Boca da Verdade e tirar uma foto/atestado de sua franqueza. Desta vez, porém, dei sorte, a fila estava pequena e o resultado é a imagem que abre este post.

Se não fosse a máscara, porém, a bela igrejinha talvez tivesse caído no anonimato, com sua fachada austera perdida em meio à confusão do tráfego romano que ruge em torno do antigo Foro Boário (local de comércio de gado e outros víveres, na época romana). A aparência exterior do templo é o resultado de uma reforma do Século 19, que removeu alterações barrocas feitas no Século 17 e tentou devolver a Cosmedin a sua cara original, desconfio eu que com pouco sucesso.

Um dos encantos de Cosmedin é seu campanário esguio 
O que chama a atenção, de longe, é o campanário esguio, de aparência românica, mas construído no Século 12. É ele que sugere ao caminhante desatento que, por trás do vai e vem de ônibus, automóveis e motorinos, há algo de especial naquele edifício.(Pra quem é mais jovem, motorino é como os italianos chamam os veículos tipo lambreta ou vespa; scooter, para os mais novos.).

Cosmedin vem da palavra grega para ornamento e mesmo com longos 14 séculos de vida, o templo ainda nos mostra direitinho como ganhou o apelido. Na nave principal, a maior parte das paredes já perdeu a decoração, mas repare o altar-mor, por trás de uma espécie de Ikonóstas (Cosmedin segue o rito malequita, o catolicismo grego. Nos locais de culto dessa corrente religiosa, o altar principal fica semi oculto por uma espécie de biombo), e os altares laterais, ricamente adornados com belos afrescos.

Ao longo do tempo, muito da decoração interior de Cosmedin se perdeu. O que ficou dá uma ideia do esplendor da igreja 
Outro destaque da igreja é o piso, um gracioso mosaico em motivos geométricos, executado em mármore, na técnica chamada Cosmatesca, famosa em Roma nos Séculos 12 e 13 — o nome vem da família Cosmati, que teve quatro gerações de artistas feríssimos nessa arte.

Quanto à Boca da Verdade, o que se sabe sobre a máscara é que ela foi colocada no adro de Cosmedin no Século 16 e acredita-se que tenha sido retirada de uma fonte romana. A lenda sobre seus poderes de devorar as mãos dos mentirosos é muito antiga, mas é claro que só se tornou mundialmente popular a partir do lançamento do filme de William Wyler. Eu sou fã de Roman Holiday, mas confesso que ainda não coloquei minha mão na boca da máscara. Quem sabe, na próxima vez... :)

Altares laterais de Santa Maria in Cosmedin

Santa Maria in Cosmedin
Piazza Bocca della Verità, Foro Boario, das 9:30h às 17h, de outubro a março, e até às 18h no resto do ano. Entrada gratuita. A estação de Metrô mais próxima é Circo Massimo, que está a 900 metros (siga a Via Circo Massimo ou a Via dei Cerchi, a partir da estação). Da Piazza Venezzia, são 650 metros de caminhada.

Mais sobre Roma
Post-índice com mapa e todas as atrações

Mapa-índice de destinos na Itália, com dicas de atrações, roteiros, hospedagem, restaurantes e transporte. Clique nos ícones para acessar os links



A Europa na Fragata Surprise

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

Um comentário:

  1. Fila organizada de turistas para fazer foto jacu da tampa de esgoto famosa pela cena do filme americano não assistiram, mas compartilham nas redes sociais.

    ResponderExcluir