domingo, 1 de janeiro de 2012

Gameleira,
a árvore sagrada da Bahia

A Gameleira do Castelo da Praia do Forte: majestade centenária

No Brasil, Irôco é o orixá da Gameleira branca e representa o tempo. É a essência da criação, o poder da terra, e ensina aos homens o sentido da vida. É a árvore primordial. Trazida pelos africanos, existe desde os princípios dos tempos e a tudo assistiu, a tudo resistiu e a tudo resistirá. (Fundação Cultural Palmares- site oficial Serra da Barriga).
Quero passar 2012 à sombra de uma Gameleira. O ideal seria fazê-lo ao vivo e a cores, mas metaforicamente já refresca um bocado. Basta olhar uma Gameleira para entender porque o Povo de Santo encontra nessa árvore da família das figueiras a representação do Tempo. É uma criatura majestosa, que se impõe sobre todo o entorno, submete toda a paisagem, dita os olhares e movimentos de quem a contempla.

E, mesmo assim, é de uma generosidade imensa: abraça, acolhe, sombreia, protege.


Nem meu ateísmo empedernido resiste à majestade dessa divindade-- sou devotíssima do Tempo e de sua irmã, a Virada da Maré, sumidades que entronizei na minha teogonia pessoal e intransferível. É em torno deles que construo meu próprio mito da criação do mundo. O Tempo e a Virada da Maré nunca me desamparam.

Minhas reverências de Ano Novo foram devidamente prestadas à beleza arrebatadora da Gameleira que cresce em frente às ruínas do Castelo da Torre de Garcia D'Ávila, na Praia do Forte. É um exemplar com mais de um século de idade e, tenho certeza, uma sabedoria de milênios. Só a árvore já vale a visita ao lugar.

E que a sombra da mãe generosa acolha todos os leitores da Fragata. Feliz 2012!


O Litoral Norte na Fragata Surprise
A sossegada Barra do Itariri, presente de Oxum
O charme despojado da Vila do Diogo, um lugar pra esquecer do mundo
Imbassaí tem sossego e badalação
Castelo da Praia do Forte: Idade Média nos Trópicos
Mangue Seco, um paraíso resgatado

Onde comer bem
Três restaurantes que valem a viagem
Do lado da Praia do Forte, um restaurante escondido e delicioso
Banquete pé-na-areia em Mangue Seco



Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário