sábado, 19 de março de 2011

Três cafés em Barcelona
(mas eu só quero chocolate...)

Café del'Ópera: tem chocolate, churros e carinha Belle Époque

Se tem uma hora que eu quero gritar “Abaixo o Imperialismo!” com todas as minhas forças é quando tomo café fora de casa. O mundo inteiro — Brasil incluído — parece ter esquecido como é que se prepara a bebida, sucumbindo ao gosto norte-americano por aquela aguinha suja, que eles confundem com a velha e boa infusão de rubiácea.

Em Barcelona, isso não é um problema, porque existem os chocolates com churros, uma tradição espanhola que a Catalunha honra com louvor.  E tem uma variação que eu adorei: chocolate com a velha e boa tortilha. Descobri (ou inventei?) a moda porque aqui ao lado da nossa pensão, na minúscula Plaça de La Verónica, funciona o Café-Bar Nemrut, que serve tortilhas de rasgar a roupa.

Se você está procurando lugares para tomar café da manhã em Barcelona, confira essas sugestões:


Café digno do nome é coisa que ainda se encontra no interior de São Paulo e Minas e nos bravos botequins cariocas que não aposentaram a velha Monarca em favor das maquininhas de expresso-com-gosto-de-nada que infestam os quatro cantos do planeta.

Experimente tomar café em qualquer hotel do planeta: se você for como eu, vai sair direto para apedrejar o Consulado Americano mais próximo.

O resultado é que, viajando, raramente arrisco tomar café — exceções feitas aos mokas vienenses e a alguns expressos italianos. Minha adição química volta-se, então, para o chocolate — mas não faça isso em Cusco, por exemplo, porque lá a bebida é preparada com água em vez de leite...

Rambla sem muvuca? É a Rambla do Raval
Apesar do frio, é muito agradável sentar nas mesinhas do lado de fora, na porta da Escola de Belas Artes — cuja fachada, em estilo clássico, vive permanentemente vandalizada por pichadores. Quem nos atende de dia é Barán, curdo da Turquia. Ele vive em Barcelona há mais de uma década e fala português muito bem, graças à namorada brasileira, a cuiabana Jane. É ela que nos atende à noite, quando paramos para o último trago e mais uma fatia de tortilha, antes de ir dormir.

Para não me chamarem de obsessiva, até que procuro variar. Na esquina da Carrer de Ferrán, o El Fornet faz um chocolate bem decente. Casa perfeitamente com os doughnuts quentinhos, muito melhores que os de Nova Iorque (Viu aí, imperialismo?!!). Outra parceria bem bacaninha é de chocolate com os bocadillos (sanduíches) de jamón ibérico, servidos no Café de les Delícies, na Rambla do Raval.

Mas o chocolate mais matador de Barcelona é o servido no Café del’Ópera, acompanhado de churros quentinhos. Foi essa combinação que me fez parar de choramingar de saudade da minha cafeteira italiana e transformou definitivamente em alegria o percalço de ficar sem café.

Escola de Belas Artes, paisagem do meu "café" da manhã

Lugares para tomar café... ôps... chocolate-da-manhã em Barcelona

Café de les Delícies
Rambla do Raval 47

Se você gosta de tomar o desjejum ouvindo Mahler, veio ao lugar certo (mas cheque com seu médico se a sua dose de prozac não está subestimada). O lugar é pequeno, no estilo “charmoso-detonado” e cheio de livros. A conta para o chocolate com bocadillo (ambos muito bons) foi de 6,40 Euros por pessoa.

El Fornet 
Esquina de Carrer de Ferrán com Avinyó

Tem uma variedade grande de pães, bolos e sanduíches, além de sucos “exóticos”, como o de graviola. O chocolate com doughnut sai por 2,50 Euros, mas eu recomendo também a madalena, quentinha e deliciosa (1,30 Euro).

Café del’Ópera
La Rambla n° 74

Já contei sobre o lugar, aqui no blog. Fomos lá fazer uma farra de tapas e cava, mas caímos no chocolate com churros de sobremesa. A dupla sai por 6 Euros.

Nemrut
Carrer de Avinyó 21

Experimente a tortilha de abobrinha, simplesmente de rasgar a roupa. A tradicional, de batata, também é perfeita. Por 6 Euros, você faz a festa de tortilha e chocolate quente.

Mais sobre Barcelona
Dicas gerais
Combinação perfeita: roteiro: Barcelona, Girona e Carcassonne
Onde comer: Mercado de La Boqueria e dicas de restaurantes
Fideuás, pão com tomate... os sabores da Catalunha
Hospedagem barata e simpática: duas opções
Uma semana em apê alugado no Raval
Fim de ano em Barcelona: prepare-se para a muvuca
Passeios e atrações
Como é um dia de jogo do Barça na cidade
O 8 de Março, com direito a uma senhora passeata feminista
Um passeio pelo bairro do Raval
Sagrada Família, a lagosta lisérgica
Barcelona de Gaudi: uma vista à Casa Milà
Minha Barcelona preferida: o Bairro Gótico
Um roteiro para mergulhar na alma marítima de Barcelona

A Espanha na Fragata Surprise
Madri
Andaluzia: Cádis, Córdoba, Granada, Ronda e Sevilha
Castela e La Mancha: Toledo
Catalunha: Girona e Tarragona
Galícia: Santiago de Compostela, Caminho de Santiago e cidades da rota


Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.

Navegue com A Fragata Surprise

Nenhum comentário:

Postar um comentário