sábado, 6 de novembro de 2010

Bolívia:
A colina dos namorados de La Paz

Final de tarde em El Montículo
Cercada de montanhas, o que não falta em La paz são os mirantes com vistas espetaculares para a cidade e para o Illimani, um vulcão extinto cujo pico está 6.400 metros de altitude, ponto culminante da linda Cordilheira Real, uma imagem quase onipresente no horizonte da cidade.

Os aymaras — principal contingente populacional da Bolívia — acreditam que os picos nevados da cordilheira são seus antepassados, os Apus, que protegem e trazem boa sorte. Na vida cotidiana de La Paz são muitas as demonstração de respeito a essas entidades e uma das mais interessantes é o costume de pedir a bênção da montanha para os recém casados, logo após a cerimônia católica.

Juras de amor rabiscadas na balaustrada do mirante e, à direita, o portal que dá acesso ao parque
Depois de casar na igreja, é hora de pedir a bênção da montanha
Um dos lugares favoritos para evocar a bênção dos Apus é o pequeno parque de El Montículo, no topo de uma elevação que vou chamar de "colina" — comparado com o relevo em volta de La Paz, até o Corcovado é "pedregulho"... — no bairro de Sopocachi, parte sul da cidade.

É uma área arborizada, que oferece vista de 180 graus para o sudoeste de La Paz — exatamente a direção da Cordilheira Real — com uma igrejinha cuja torre parece ter saído de uma missão espanhola de western-spaghetti, muito concorrida para a realização de casamentos.

A igrejinha da Imaculada Conceição, em El Montículo, estava lotada para mais um casamento
O sacerdote chega para celebrar o casamento
O mirante de El Montículo fica de cara para o Illimani, a "águia dourada"— a montanha é especialmente hipnótica ao crepúsculo: a medida que a tarde vai caindo, o sol vai tingindo suas neves eternas, que refletem todos os tons de dourado possíveis. É um espetáculo que, sozinho, justifica a subida ao altiplano, a respiração entrecortada e a tontura decorrentes da altitude.

Estive em El Montículo em uma tarde de sábado. O lugar era puro sossego, até ser tomado por um alegre alarido: lá vem a noiva! De véu, grinalda, buquê e vestido meia cauda, ela posava para fotos, cercada de gente de roupa engomada, que não parava de bombardeá-la com uma espécie de estopa, uma neve fake (referência às neves eternas da montanha) que, desde cedo, cobria as calçadas em frente a todas as igrejas por que passei — sábado parece ser o dia preferido para casamentos em La Paz.



Nem deu tempo de achar graça. Por outra vereda do parque já despontava outra passeata semelhante. E depois mais outra, e outra... Uma profusão de noivas tomando El Montículo de assalto.

Foi assim que eu descobri esse simpático costume paceño. O Illimani não entra na igreja, mas é o principal padrinho dos casais. É a ele que são feitas as maiores reverências, dirigidos os pedidos de felicidade, harmonia e muitos filhos saudáveis. Depois, a montanha "posa" para as fotos com o casal e fica para sempre registrado no álbum que os noivos vão mostrar aos netos.

Uma tradição muito singela e bonita—e, vamos combinar, muito mais bacana do que prender cadeados em pontes e assemelhados, que além de danificar patrimônio público, ainda reflete uma ideia muito pouco avessa à liberdade que deveria ser associada ao amor.

Quando você for a La Paz com seu amor, dê uma passada por El Montículo para pedir a bênção do Illimani.

Como chegar
Plaza del Montículo


Esquina das ruas Gregório Reynolds com Presbítero Medina, bairro de Sopocachi. Do centro de La Paz até o mirante, pagamos cerca de 10 bolivianos na corrida de táxi. São cerca de 2,5 km de distância.

A Bolívia na Fragata Surprise
Os quatro espetáculos da Ilha do Sol
Copacabana, princesinha do Lago Titicaca

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário