segunda-feira, 10 de abril de 2006

Dois gênios da luz em Amsterdã:
A exposição de Rembrandt e Caravaggio


Pelo menos uma vez na vida, a gente tem a certeza de estar no lugar certo, na hora exata. O lugar é Amsterdã e a hora é esse tímido início de primavera, a 2°C de temperatura e um ventinho permanente, trazendo a umidade dos canais para grudar no meu sobretudo, casaco, pele, sangue e ossos. E, no entanto, esta é a receita da felicidade, se adicionarmos alguma tinta, pouco mais de duas dezenas de telas e o absoluto domínio que dois gênios tiveram sobre a luz.

Acabo de ver Rembrandt e Caravaggio, cara a cara, na exposição organizada pelo Rijksmuseum e Museu Van Gogh para celebrar os 400 anos de nascimento de Rembrandt van Rijn. A mostra foi aberta em fevereiro, fica em cartaz até junho e só será realizada em Amsterdã. O valor inestimável das obras expostas inviabiliza a itinerância da exposição, que reúne quadros de diversos museus.

Fiquei duas horas e meia numa fila que, se fosse vertical, seria a Torre de Babel. Tem gente do mundo inteiro em Amsterdã para ver Rembrandt e Caravaggio juntos. Cento e cinqüenta minutos num frio de rachar — sempre achei que o descampado de Museumplein e adjacências são a sucursal da Sibéria — e ninguém arreda pé.

A Noiva Judia, de Rembrandt (1666) e O Martírio de Santa Úrsula, de Caravaggio (1610), à direita, que eu reencontrei em Nápoles, em sua "casa" oficial, o Palacio Zevallos Stigliano

Lá dentro, as telas são nocauteantemente belas — isso, eu já esperava. Mas o grande barato é vê-las lado a lado, compreender como as diferenças (Sul x Norte da Europa, Itália católica x Holanda Luterana...) construíram esses dois gênios.

Por muito tempo, vou me sentir a pessoa mais sortuda do mundo por ter calhado de estar em Amsterdam exatamente nesta época.

Exposição Rembrandt-Caravaggio: de 24/02/2006 a 18/06/2006
Van Gogh Museum, Paulus Potterstraat 7- Amsterdã
Entrada € 20

Atualização: este post é uma transcrição do meu diário de viagem a Paris e Amsterdã, em abril de 2006. Em outubro de 2010, ainda é possível ter uma ideia da exposição neste link


A Holanda na Fragata Surprise

Curtiu este post? Deixe seu comentário na caixinha abaixo. Sua participação ajuda a melhorar e a dar vida ao blog. Se tiver alguma dúvida, eu respondo rapidinho. Por favor, não poste propaganda ou links, pois esse tipo de publicação vai direto para a caixa de spam.
Navegue com a Fragata Surprise 
Twitter     Instagram    Facebook    Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário